28 de Outubro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

UF de Coimbra lança comissão para promover bem estar animal

4 de Junho 2021

A União de Freguesias (UF) de Coimbra apresentou, na sexta feira, no Mercado do Calhabé, a Comissão Local de Bem Estar Animal, uma entidade pioneira na cidade que tem como grande objetivo assegurar o bem estar dos animais que se encontram nas ruas da freguesia, num trabalho articulado com as várias entidades que atuam nesta área da proteção animal.

Esta Comissão vem, como realçou o presidente da UF, João Francisco Campos, “formalizar o trabalho de muitos meses”, procurando, “em primeiro lugar, criar sinergias dentro das instituições que trabalham nesta área”. O autarca assegura todo o empenhamento da Junta em “ajudar a Comissão a potenciar o trabalho que todas estas instituições tão bem fazem nesta freguesia”.

Constituída por uma Comissão Executiva, presidida por Sandra Teixeira do Carmo, investigadora e docente na área do Direito Animal, tem também uma Comissão Alargada e um Conselho Consultivo, uma equipa alargada onde se incluem os elementos da UF, as várias instituições que trabalham com animais, as forças de segurança (como Bombeiros, PSP e GNR), clínicas veterinárias, entre outras entidades, sendo de destacar a participação, no Conselho Consultivo, de Marisa Quaresma dos Reis e Nuno Falcão, respetivamente Provedores dos Animais de Lisboa e Almada.

Todos juntos vão, como assegurou João Francisco Campos, trabalhar com esse objetivo de ajudar os animais “errantes” e também, quando necessário, os seus donos. Lembrou que, muitas vezes, “o animal é a única companhia de muitos idosos”, sendo a população da freguesia “muito envelhecida”, o que exige atenção e acompanhamento.

Assim, para além de estar disponível para responder às necessidades que forem surgindo nessa área, a Comissão tem delineado um amplo conjunto de ações. De acordo com Sandra Teixeira do Carmo, é intenção deste grupo de trabalho estudar a quantidade de colónias de gatos e de matilhas de cães existentes na freguesia e fazer uma espécie de cadastro dos animais “errantes”, para verem como poderão atuar.

Por outro lado, defende a criação da “figura do animal comunitário”, aquele animal que é alimentado, acarinhado e cuidado pela população em determinada zona.

A Comissão quer também adaptar a ideia do Baú Solidário (onde as pessoas podem deixar e levantar alimentos, numa partilha com a sociedade, onde quem pode leva e quem precisa vai buscar) a esta questão dos animais.

Este projeto terá ainda uma componente ambiental e social, numa parceria com a Penitenciária de Coimbra. No âmbito do programa Juntar, os materiais disponíveis vão ser entregues aos reclusos que, com o seu saber fazer, irão construir abrigos para animais.

A Comissão será, também, uma porta aberta à população, estando disponível para ajudar as pessoas idosas no tratamento dos seus animais de companhia.

Participaram ainda na sessão Marisa Quaresma dos Reis, que deu a conhecer a experiência de Lisboa, e Ariana Alvarenga, residente na freguesia e miss Teen Coimbra, madrinha desta Comissão.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM