24 de Junho de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Obras avançam na nova via da Cidreira e na escola básica de Antuzede

28 de Maio 2021

A nova via de acesso à Cidreira, que vai ligar a Estrada Nacional (EN) 111 à Rua da Escola Primária, está praticamente concluída. O presidente da Câmara Municipal de Coimbra, Manuel Machado, e o presidente da União de Freguesias de Antuzede e Vil de Matos, Diamantino Jorge, visitaram estas obras na semana passada, assim como os trabalhos de requalificação que se encontram em curso na Escola Básica do 1.º Ciclo do Ensino Básico (CEB) de Antuzede.

A nova via de acesso à Cidreira vem acabar com “o atual acesso estreito e sinuoso à povoação, onde não chegam veículos pesados”, explica a autarquia, adiantando que esta intervenção, que representa um investimento de 345 mil euros, “está praticamente concluída”. O projeto incluiu terraplenagens, drenagem de águas pluviais e coletor de águas residuais, passeios, muros, obras acessórias, sinalização e iluminação pública, faltando agora a pavimentação.

“O objetivo é criar um novo acesso à povoação da Cidreira, com este arruamento que terá 211 metros de extensão, sobrepondo-se parcialmente ao antigo traçado da EN 111, abandonado após a execução da rotunda da Cidreira. Uma obra que após concluída melhorará significativamente o acesso à população e aos equipamentos existentes, como a antiga escola primária, o Pavilhão Polidesportivo da Cidreira e a capela”, explica o Município.

Os presidentes, acompanhados dos vereadores Carlos Cidade, Regina Bento e Carina Gomes e de alguns técnicos municipais, visitaram também a empreitada em curso de requalificação da Escola do 1.º CEB de Antuzede. A obra representa um investimento superior a 635 mil euros e visa melhorar o conforto e a funcionalidade do espaço para o acolhimento dos mais de 50 alunos deste que é o único estabelecimento de educação e ensino desta Freguesia.

A intervenção passa, essencialmente, pela manutenção do edifício e a remodelação do telheiro, onde irá nascer um refeitório, que vai permitir que o serviço de almoços deixe de se realizar num monobloco. Este novo espaço vai contemplar uma sala de refeições, uma cozinha, caldeira e arrumo, e o seu acesso poderá ser feito através do telheiro coberto. Este telheiro funcionará também como recreio das crianças e espaço para a prática de educação física.

A empreitada prevê ainda a formalização do campo de futebol em pavimento de betão drenante, já que o atual, de saibro, é inadequado para a prática deste tipo de atividades físicas. As instalações sanitárias também vão ser remodeladas e o projeto inclui, ainda, a introdução de uma rampa na entrada do edifício e no acesso do recreio ao recinto exterior.

A autarquia recorda que o projeto de construção desta escola é do Plano dos Centenários, levado a cabo pelo Estado Novo em Portugal, nas décadas 40, 50 e 60 do século XX, tendo o edifício quatro salas e duas entradas independentes, que correspondiam no passado às entradas de meninos e meninas. A escola está implantada num aglomerado predominantemente residencial e junto ao campo de futebol de uma associação desportiva local.

Atualmente, e durante a execução da obra de requalificação da escola, as atividades letivas estão a funcionar nas instalações da Associação Desportiva de Antuzede, que foram recentemente requalificadas pela Câmara de Coimbra.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM