24 de Outubro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

JOÃO BAPTISTA

Nas margens do Ceira

1 de Outubro 2021

Caiu o pano. Com as eleições autárquicas terminou mais um período eleitoral. Com a liberdade que a direção de “O Despertar” concede aos seus colaboradores tive ocasião de nos últimos tempos abordar este tema e daquilo que então escrevi não retiro uma vírgula.

Servi-me, para tanto, da experiência pessoal vivida no executivo da Junta de Freguesia de Ceira há vinte anos e que tinha como presidente municipal aquele que o era igualmente até agora. E foi por isso que me permito recordar aquilo que aqui escrevi em 11 deste mês. “É por isso que entendo que não se devem fazer julgamentos precipitados sobre aqueles que, tenho a certeza, deram o seu melhor mas foram impotentes para, tal como há vinte anos, lutar contra a prepotência e a demagogia. Quem seria capaz de fazer melhor? Nestas condições penso que ninguém”.

Pois bem. Como é sabido a coligação “Juntos somos Coimbra” conquistou a Câmara Municipal de Coimbra com 43,92% com 29.349 votos. Em segundo lugar o PS com 32,65% e 21.820 votos. A CDU 7,51% e 5.022 votos.

Para a Junta de Freguesia de Ceira a votação foi: PS 43,41% e 702 votos e a coligação “Somos Ceira” 36,18% com 585 votos. Por sua vez a CDU obteve 29% e 134 votos.

Espero e desejo que todos saibam entender que estas eleições não se baseiam nas siglas partidárias mas sim, especialmente, nas pessoas que são na generalidade mais conhecidas do que uma simples bandeira. E quando há situações de recandidaturas, como as que abordo, os resultados devem ser tidos igualmente como a apreciação pelo trabalho desenvolvido. Neste caso, é evidente, que o Município de Coimbra, como há vinte anos, teve oito anos para mostrar o seu trabalho e ele foi reprovado tal e qual como então aconteceu. Mas chegou a hora de todos nos unirmos em prol não apenas da nossa cidade como também de todo o concelho e repô-los no lugar que, a nível nacional merece, e que tão ingloriamente vem perdendo nos últimos tempos.

Coimbra merece mais. É com um misto de esperança e fé que esperamos ver esta cidade voltar aos seus melhores tempos.

Igualmente espero e desejo que todos os ceirenses se unam na luta pelo progresso desta terra. Sem represálias que todos sejamos verdadeiros ceirenses e que junto daqueles que foram escolhidos em liberdade para conduzir os seus destinos, constituamos juntos uma equipa unida. A união faz a força. E a força é necessária para resolver muitos problemas com que a freguesia se debate.

Não posso, nem quero, perder esta oportunidade sem me referir à Freguesia de Santo António dos Olivais. Onde passei os melhores anos da minha juventude e onde ainda hoje tenho muitos familiares. A maior do concelho de Coimbra e, julgo, que em população a nível distrital só ultrapassada pelo concelho da Figueira da Foz. Com maioria absoluta (51,34%) o PSD venceu na pessoa do Dr. Fernando Rodeiro. Velho Amigo a cuja família me ligaram e ligam laços de grande amizade e admiração. Que seja feliz na árdua tarefa que o espera.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM