23 de Abril de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Ecovia vai regressar a Coimbra em breve

26 de Fevereiro 2021

O serviço Ecovia vai regressar à cidade de Coimbra brevemente. Este projeto inovador, que surgiu na década de 90 e que foi mais tarde abandonado, vai ser agora reativado pela Câmara Municipal que está já a preparar a implementação da primeira fase.

Esta primeira fase foi aprovada pelo executivo municipal, na reunião de segunda feira, depois de em novembro terem sido já aprovadas as localizações dos sete parques de estacionamento periféricos para servir a Ecovia. Como os do Choupal e das avenidas da Guarda Inglesa e Conímbriga necessitam de uma intervenção mais aprofundada, a autarquia pretende avançar já com uma primeira fase de implementação do sistema, tendo como suporte os parques do Parque Verde do Mondego, do Vale das Flores, da Praça dos Heróis do Ultramar e dos dois parques da Casa do Sal (parque Jardim e parque Oeste). Para servir estes parques vão ser criados quatro circuitos – a Linha Vermelha, com paragens na Casa do Sal, Pediátrico, HUC (Av. Bissaya Barreto), IPO/Escola de Enfermagem e HUC (Praça Mota Pinto); a Linha Verde, com paragens no Parque Verde do Mondego, Polo I da Universidade (Arco da Traição) e Polo I da Universidade (Rua Larga); a Linha Amarela, com paragens da Praça dos Heróis do Ultramar (Escola Avelar Brotero), Polo I da Universidade (Largo D. Dinis), Praça da República, Praça 8 de Maio (Jardim da Manga), Rua João Machado, Casa do Sal (Oeste), Rua Manuel Rodrigues, Praça 8 de Maio (Jardim da Manga), Praça da República e Polo I da Universidade (Largo D. Dinis); e Linha Roxa, com paragens no Vale das Flores, HUC (Av. Bissaya Barreto), IPO/Escola de Enfermagem, HUC (Praça Mota Pinto) e Pediátrico.

Quando entrar em funcionamento, este serviço vai permitir que as pessoas estacionem nestes cinco parques, sendo depois transportadas para o centro ou principais polos de destino, como os hospitais e Universidade, evitando que os automóveis entrem diariamente na cidade e poupando-a à emissão de toneladas de gases carbónicos para a atmosfera. Os veículos utilizados nestas linhas especiais são 100 por cento elétricos, portanto amigos do ambiente. Quanto aos horários, a Ecovia vai circular das 07h00 às 20h15 nos dias úteis, com uma frequência que deverá variar entre os sete minutos nas horas de ponta e os 15 minutos nos restantes períodos.

De acordo com a autarquia, o tarifário a adotar foi estabelecido com a intenção de “promover o serviço a um preço competitivo e promover a deslocação pelo sistema Ecovia em detrimento de transporte individual”. Há, por isso, várias opções – títulos individuais por 2,6 euros (que incluí duas deslocações e estacionamento), um passe mensal por 35 euros (que inclui o estacionamento e as viagens” e existem ainda propostas para entidades que tenham mais de 20 colaboradores, com o objetivo específico de venda em quantidade e mediante a realização de protocolos com os SMTUC.

Os parques Ecovia da Praça dos Heróis do Ultramar, da Casa do Sal e do Vale das Flores deverão funcionar entre as 07h00 e as 19h30, no que respeita ao controlo de acesso de viaturas e à venda de títulos de transporte na entrada destes locais. Já o do Parque Verde do Mondego funcionará com o horário atualmente em vigor, das 07h00 às 20h00. Todos os parques, à exceção do da Praça dos Heróis do Ultramar, permanecerão abertos, em regime livre, fora do horário definido para o seu funcionamento.

A autarquia recorda que “está a trabalhar neste relançamento há vários anos”, destacando a aposta que tem vindo a fazer na renovação da frota dos SMTUC com veículos – autocarros e miniautocarros – com melhor desempenho ambiental.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM