10 de Maio de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Servilusa inaugura crematório em Leiria

22 de Março 2019

A Servilusa – Agências Funerárias inaugurou, na segunda feira, o seu novo crematório, em Leiria. Com capacidade para seis cremações por dia, este equipamento representa um investimento de cerca de um milhão de euros e deverá contribuir significativamente para o crescimento desta empresa que celebra 18 anos.

O novo crematório começou a ser construído há oito meses, seguindo-se mais dois para a instalação de equipamento e acabamentos. Está agora apto a dar resposta àquela comunidade, aumentando a capacidade de resposta da Servilusa, empresa que realizou, em 2018, mais de 4.600 cremações nos seus crematórios.

O novo crematório vem criar quatro novos postos de trabalho em Leiria, dois diretos no novo centro funerário e dois indiretos. Concessionado à Servilusa por 20 anos, o crematório fica ao serviço de 10 municípios da Comunidade Intermunicipal de Leiria, nomeadamente Alvaiázere, Ansião, Batalha, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Leiria, Marinha Grande, Pedrógão Grande, Pombal e Porto de Mós.

O projeto do novo crematório Servilusa, da autoria do arquiteto António Mota, além de um forno crematório, inclui uma sala de cerimónia religiosa, sala de despedida, receção e salas técnicas. Tudo num edifício com 370 metros quadrados de área, um jardim da memória com 30 metros quadrados, para depósito de cinzas e estacionamento, num terreno de 1.200 metros quadrados.

“A tecnologia de última geração dos nossos crematórios, com três câmaras de combustão, uma delas apenas para segunda queima de gases, conjuntamente com a chaminé de 10 metros, filtros e procedimentos rigorosos, garantem uma queima limpa e sem emissão de resíduos para o ambiente”, assegura o diretor geral de Negócio da Servilusa, Paulo Carreira, sublinhando ainda que “esta é uma área onde a Servilusa é totalmente autónoma, com competências desde a conceção e especificação, até a instalação e manutenção especializada”.

Este novo crematório junta-se aos restantes seis já geridos pela empresa – Elvas, Rio de Mouro, Póvoa de Santa Iria, Cascais, Figueira da Foz e Porto-Lapa. Depois da abertura do de Leiria, a Servilusa tem outros projetos em andamento, estando já adjudicados os de Faro, Guimarães e Santarém, prevendo-se que abram a partir de 2020.

De acordo com a empresa, a inauguração deste novo crematório representa “um novo reforço na liderança da Servilusa neste mercado, a crescer a um ritmo de 14 por cento por ano, tendo passado de duas mil cremações, em 2008, para mais de 20 mil em 2018, nos 27 crematórios disponíveis em todo o país (três dos quais nas ilhas)”.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM