28 de Setembro de 2020 | Coimbra
PUBLICIDADE

Pastelaria Briosa celebra sabores da região de Coimbra na rua

25 de Julho 2020

A Pastelaria Briosa, situada no Largo da Portagem, na Baixa, trouxe hoje os sabores e tradições da região de Coimbra para a rua num “sunset” que se prolonga até às 23h00 e que convida a apreciar e saborear algumas “bebidas espirituosas” que vêm rechear a vasta oferta desta casa.

Bem conhecida na Baixa mas também um pouco por todo o país, fruto dos muitos prémios conquistados ao longo dos últimos anos em vários concursos nacionais, a Pastelaria Briosa presenteia o público com a apresentação da Lágrima do Mondego e do Gin AMICIS, dois produtos distintos da região que, sozinhos ou combinados, prometem surpreender quem ousar prová-los.

Orlanda Duarte, da Pastelaria Briosa; Rosa Lopes Ribeiro, da Lágrimas do Mondego; e Paulo Ferreira, do AMICIS, são os anfitriões deste evento. Com as bancadas nas ruas, onde se podem apreciar ao vivo não só os produtos mas também a mestria da sua confeção, os promotores despertaram a curiosidade que quem escolheu a Baixa para passear neste fim de tarde, sendo grande o movimento no “coração” da cidade, apesar de se sentirem ainda os efeitos da pandemia.

Orlanda Duarte congratula-se por ver novamente “a Baixa com mais vida” e quis inovar e criar novos atrativos ao trazer estes produtos para a rua, numa ação de divulgação de um dos produtos que já faz parte do menu diário – a Lágrima do Mondego – e de um novo conceito, o Gin AMICIS, “um gin superior da região, um produto muito bom que passa a ser incorporado a partir de hoje na pastelaria”.

“São dois produtos distintos que também diferenciam a nossa casa e a nossa oferta a nível de bebidas espirituosas. Apesar do foco principal da Briosa ser a doçaria conventual, esta é também uma casa que quer inovar e variar na oferta que disponibiliza ao cliente”, sublinha, explicando que “é nos tempos difíceis e quando as dificuldades são maiores que é preciso fazer algo diferenciador, sempre com espírito positivo e olhos postos no futuro”.

A marca “Lágrimas do Mondego”, com as bebidas Lágrima do Rei e Lágrima da Rainha, já é servida na Briosa há cerca de quatro anos e, segundo Rosa Lopes Ribeiro, tem como fundamento uma receita de 1842, tipicamente portuguesa e que era produzida nos conventos. Explica que não se trada de um mero licor, mas de uma bebida mais forte, que “leva muitas frutas, especiarias e flores”, sendo preparada apenas com “métodos tradicionais”, como sucedia nos conventos.

Quanto à diferença entre as duas bebidas da marca, refere que “a Lágrima do Rei tem um grau alcoólico superior, sendo produzida com quatro frutas, 10 especiarias e várias flores. É considerada um aperitivo, para beber com gelo e água tónica por exemplo”. Já a Lágrima da Rainha “é um digestivo e é mais Coimbra”, uma vez que “vai buscar as margens do Mondego com as flores de laranjeira e as próprias laranjas”.

O gin AMICIS também se inspira nos produtos endógenos da região, sobretudo das serras do Açor e de Sicó. De acordo com Paulo Pereira, “todos os elementos que compõem a aromatização do gin são ligados à região”, tendo esta bebida “uma forte componente herbal”. O mel, a noz, eucalipto, lúcia lima, hortelã, louro, alecrim, tomilho (do Rabaçal) e o zimbre são alguns dos ingredientes que compõem esta bebida, fruto de um projeto que nasceu há cerca de três anos.

Quem não tiver oportunidade de degustar estas bebidas hoje, pode fazê-lo em qualquer outro dia, já que esta oferta passa a estar disponível no menu da Briosa, recheando a vasta oferta desta conhecida pastelaria da Baixa de Coimbra.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM