27 de Outubro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Empresa de Coimbra vai conceber e gerir novo hospital na Arábia Saudita

4 de Setembro 2020

A IGHS – Global Healthcare Services, empresa sediada em Coimbra, constituiu com o grupo empresarial Saudita Haif Holding, com sede em Riade, a HGHS – Haif Global Healthcare Services, que vai conceber, desenvolver e gerir novos projetos hospitalares na Arábia Saudita.

A HGHS já celebrou o seu primeiro contrato com vista à conceção do primeiro projeto hospitalar, que ficará sediado no centro da capital Riad no Reino da Arábia Saudita, e cujo posicionamento manterá o standard dos projetos liderados pela IGHS.

O grupo empresarial vai iniciar já no último trimestre deste ano a fase de estudos do novo hospital, cuja construção deverá ultrapassar os 130 milhões de euros.

A empresa de Coimbra assume na nova estrutura societária toda a liderança operacional relativa à conceção, desenvolvimento e gestão de novos projetos hospitalares, próprios ou de terceiros, competindo ao Grupo Haif a liderança estratégica e a definição de novos investimentos.

“O facto de sermos observados por importantes parceiros e investidores internacionais é sinónimo de reconhecimento ao trabalho que temos vindo a realizar. O Grupo Haif, conhecido como um importante grupo empresarial saudita, depois de ter avaliado vários Operadores Internacionais, esteve em 2019 em Portugal para nos conhecer melhor e perceber em detalhe o papel que poderíamos vir a ter desde o início de tão ambicioso projeto. Com o tempo fomos aprofundando conhecimento e partilhando ideias, acabando a IGHS por assumir uma participação societária de grande significado, de 45%, neste novo Grupo Hospitalar”, realça o presidente do Conselho de Administração, José Alexandre Cunha.

Refere ainda que “o projeto que lideramos desde 2018 em Oman, cujo investimento ascende a 70 milhões, é um Hospital que está praticamente pronto para ser inaugurado, e que foi acordado numa joint venture formada pela Oman Brunei Investment Company, o Grupo Suhail Bahwan e a IGHS, assumindo-se como um verdadeiro mostruário, para toda a região do Médio Oriente, do trabalho que podemos desenvolver, e que cedo começa a dar resultados”.

“É para nós uma bandeira de rigor chegar à fase de pré-abertura e não ter qualquer desvio ao plano de investimento traçado pela estrutura acionista e cumprir com os mais ambiciosos e exigentes cronogramas quer de licenciamento e construção quer de gestão operacional de todo o projeto, onde se incluem os mais importantes dossiers como sejam o dos procedimentos, tecnologias de informação, recursos humanos, qualidade, equipamentos hospitalares, entre outros”, explica.

José Alexandre Cunha diz, ainda, que “a IGHS manterá o seu foco nas regiões onde já hoje conta com projetos próprios ou sob gestão, nomeadamente na designada zona da “Greater Bay Pearl River Delta” (Cantão, Hong Kong e Macau), através da GloballMed, e na Região do Médio Oriente, através da Idealmed GHS, estando ainda a preparar a entrada no mercado externo em novos setores que estão diretamente relacionados com a prestação de serviços de saúde”.

“Pese a enorme dificuldade que a atual situação de pandemia nos trouxe a todos, o que temos vindo a conseguir em apenas dois anos motiva-nos para observar o futuro com enorme confiança, que se deve, sobretudo, à enorme capacidade da nossa equipa de trabalho. Paralelamente, é estimulante podermos contar com a colaboração de várias empresas portuguesas e saber que, por via dos convites que lhes endereçamos, exportaram em menos de dois anos mais de 12 milhões de euros”, conclui.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM