23 de Abril de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Águas do Centro Litoral investe cerca de quatro milhões em Arganil e Poiares

13 de Novembro 2020

A Águas do Centro Litoral (AdCL) investiu cerca de quatro milhões de euros nos municípios de Arganil e Poiares, com vista a melhorar o abastecimento de água nestes concelhos.

Em Arganil foram gastos três milhões de euros, tendo sido realizadas duas empreitadas que consistiram na renovação/ reabilitação de dois Subsistemas de Abastecimento de Água (SAA), o SAA Alagoa e SAA Feijoal, que foram unidos em apenas um.

Além da construção de uma nova captação, as obras incluíram, ainda, a reabilitação da captação existente e da Estação de Tratamento de Água (ETA) de Alagoa e reservatórios e a desativação da captação e da ETA do Feijoal.

Alexandre Tavares, presidente do Conselho de Administração da Águas do Centro Litoral, assumiu que “este foi um esforço da AdCL” para “criar novas infraestruturas em prol de um melhor abastecimento de água aos munícipes de Arganil, em boa quantidade e qualidade”, sublinhando que esta era “uma obra muito ansiada”.

Já em Vila Nova de Poiares foram investidos 910 mil euros, tendo sido igualmente realizadas duas intervenções.

A primeira empreitada consistiu na construção de duas novas ligações, através do SAA da Ronqueira, que irão permitir a adução de água aos reservatórios municipais de Casais (Vila Nova de Poiares) e Vale do Tronco (Penacova). E a segunda vem dar resposta à necessidade, manifestada pelo Município, de abastecimento de água a novos aglomerados populacionais, tendo consistido na construção de uma conduta adutora, de cerca de sete quilómetros de extensão, que interligará o reservatório de Outeiro do Crasto (pertencente ao Subsistema de Abastecimento de Água da Ronqueira, da AdCL) ao reservatório do Entroncamento (instalação em “baixa”, pertencente ao Município), com a criação de um ponto de entrega de água no percurso, na zona de Vale de Viegas.

João Miguel Henriques, presidente da Câmara de Vila Nova de Poiares, admitiu estar à espera deste investimento “há muitos anos”, um problema de “insuficiências e deficiências” do Sistema de Abastecimento de Água do Município, que agora pode ver “finalmente resolvido”.

De acordo com o autarca, “um concelho da dimensão de Vila Nova de Poiares, com pouco mais de 7.000 habitantes, em território maioritariamente rural e de baixa densidade, nunca conseguirá ter sozinho condições financeiras, humanas, tecnológicas, materiais e operacionais que lhe permitam disponibilizar à sua população um sistema de gestão de água, saneamento e resíduos sólidos, com a mesma qualidade e níveis de eficiência que outras estruturas de maior dimensão”, referindo-se à Empresa Intermunicipal de Ambiente do Pinhal Interior (APIN).

Ministro do Ambiente defende agregação de municípios na gestão da água

Convidado de honra nas sessões realizadas em Arganil e Poiares, o ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, defendeu a agregação de municípios para gerir o ciclo urbano da água, admitindo, contudo, que alguns projetos de autarquias isoladas devem ter igualmente acesso aos apoios europeus.

O ministro considerou um ato de “coragem” o facto de os municípios integrarem a Empresa Intermunicipal de Ambiente do Pinhal Interior (APIN), da qual fazem, atualmente, parte Alvaiázere, Ansião, Castanheira de Pêra, Figueiró dos Vinhos, Góis, Lousã, Pampilhosa da Serra, Pedrógão Grande, Penacova, Penela e Vila Nova de Poiares.

“Estes 11 municípios tiveram um trabalho magnífico e coragem”, acrescentando que o Ministério estará “atento àqueles que se agreguem para criar sistemas de abastecimento de água”.

O ministro aproveitou, ainda, a ocasião para admitir que não compreende “os que durante a pandemia baixaram o preço da água, pois só se pode baixar o preço de algo que é caro”, considerando que os custos da água devem ser suportados, desejavelmente, pelas taxas e não pelos municípios e, por isso, “este Governo vai continuar a apoiar as agregações, muito mais do que o resto”.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM