24 de Outubro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

AdCL apela à mudança de atitudes para garantir futuro com mais água

1 de Abril 2021

A Águas do Centro Litoral (AdCL) associou-se, no sábado, à Hora do Planeta e ao projeto educativo da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra “Climagir” para consciencializar para a mudança de comportamentos pela natureza e por um futuro com mais água.

Através das redes sociais, fez um apelo simples – apagar as luzes e ligar o planeta pela natureza e por um futuro com mais água. Esta ação marcou “esta data simbólica dedicada à escassez de água e urgente necessidade de adotar comportamentos sustentáveis em prol da mitigação das alterações climáticas, a pensar na sustentabilidade do futuro de todos”, explica a AdCL.

Há comportamentos que deves “apagar” assumiu o mote da campanha de educação para o desenvolvimento sustentável, delineada pela AdCL, em parceria com a CLIMAGIR, visando o conhecimento das consequências das incorretas atitudes no uso da água. Assim, neste tempo de crise, a empresa procurou “trazer à luz a importância da adoção de comportamentos sustentáveis em prol da preservação da natureza em simbiose com o uso eficiente da água”. A campanha assentou ainda nas questões do saneamento e no setor do abastecimento, alertando também para o problema da mitigação das alterações climáticas.

A AdCL reforça o conhecimento da comunidade no que concerne à sua participação no Programa de Neutralidade Carbónica do Grupo Águas de Portugal, apresentando as medidas previstas no âmbito da eficiência energética das infraestruturas responsáveis pela gestão eficiente do ciclo urbano da água visando a redução de consumos e o aumento da produção própria de energia verde. Visando a autossustentabilidade das suas infraestruturas, com energia 100 por cento renovável no futuro, ao nível do abastecimento, destaque para a instalação de Central de Produção Solar Fotovoltaica na ETA (estação de tratamento de água) da Boavista e na estação elevatória do reservatório da Boavista II. Também no setor do saneamento, está prevista a instalação de Centrais de Produção Solar Fotovoltaica nas ETAR do Coimbrão, de Espinho, de Ílhavo e na estação elevatória de águas residuais EEIG1 (em Aveiro), esperando atingir uma produção total, a partir de 2023, de cerca de 3.0 GWh/ano.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM