6 de Outubro de 2022 | Coimbra
PUBLICIDADE

ACM de Coimbra anseia pelo retorno da normalidade

25 de Junho 2021

A Associação Cristã da Mocidade (ACM) de Coimbra comemorou, no domingo (20 de junho), 103 anos, uma data que foi celebrada em Foz de Arouce, com uma cerimónia que contou com elementos da coletividade, dos vice-presidentes das Câmaras de Coimbra e Lousã e de muitos associados.

De acordo com o presidente da ACM, Fausto Garcia, “participaram neste encontro cerca de 70 pessoas”, que tiveram oportunidade de assistir às demonstrações das diversas atividades que a Associação desenvolve, conhecer os resultados alcançados nesta época e participar no almoço convívio e de celebração destes 103 anos.

A pandemia condicionou o normal funcionamento da coletividade neste último ano, tal como sucedeu em todos os setores e entidades. Fausto Garcia espera que “o próximo ano letivo possa arrancar já com a normalidade desejada” e adianta que a Direção “está a reunir já com os responsáveis das várias secções” de forma a preparar da melhor maneira o novo ano. Lembra também que as instalações da sede, na Rua Alexandre Herculano, se encontram em obras, manifestando o desejo de que estejam também concluídas até essa altura, de forma “a que as atividades possam ser retomadas em instalações melhoradas e com a tão desejada normalidade”.

De acordo com Fausto Garcia, durante este período fortemente marcado pela pandemia a coletividade registou “uma quebra de cerca de 150 atletas no geral, contando atualmente com mais de 500”.

A ACM de Coimbra continua a afirmar-se como uma instituição dinâmica e sempre de portas abertas à comunidade. Ballet, música, dança contemporânea, danças afro-latinas, ten-chi-tessen, aikido, kendo, krav-maga, karaté, taekwondo, esgrima, ténis de mesa, damas, pesca desportiva, badminton, judo, ju-jitsu, ginástica acrobática e rítmica, ginástica de manutenção, yoga, voleibol, natação e bridge são as atividades que tem vindo a desenvolver.

Com mais de um milhar de associados é um exemplo de longevidade, fazendo parte da história de tantas e tantas gerações que por ali passaram. Foi apresentada a Coimbra a 20 de junho de 1918 e veio dar um novo e forte impulso ao associativismo local. Surgiu na época com a designação de Associação Cristã dos Estudantes de Coimbra (ACE) e só muitos anos mais tarde, já em 1959, é que mudou para Associação Cristã da Mocidade.

Sediada na Rua Alexandre Herculano desde a sua fundação, num edifício construído entre 1915 e 1918, proporcionou, desde o seu início, “condições especiais” aos jovens estudantes, tanto a nível intelectual como a nível da integração social, disponibilizando uma biblioteca, salas de estudo e de convívio, sala de música, ginásio, campo de jogos, bar e balneários, equipamentos que, ao longo de muitos anos, foram únicos ao serviço da comunidade coimbrã.

Decorridos 103 anos sobre a sua fundação, a ACM de Coimbra continua a afirmar-se como uma associação muito ativa e cheia de vontade de continuar a construir o futuro.


  • Diretora: Lina Maria Vinhal

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM