26 de Junho de 2022 | Coimbra
PUBLICIDADE

São Martinho do Bispo traz animação e cultura à freguesia

9 de Junho 2022

A XVIII Semana Cultural, uma das iniciativas anuais promovida pela UF de São Martinho do Bispo e de Ribeira de Frades, arranca hoje e prolonga-se até dia 18 de junho, com um conjunto de novidades.

“É o retomar de uma atividade que foi interrompida devido à pandemia da covid-19 e entendemos que devíamos regressar de uma forma diferente”, diz o presidente da UF, Jorge Veloso.

Este ano, pela primeira vez, a iniciativa vai realizar-se no recinto da feira dos 7 e dos 23, “um espaço recentemente qualificado e que reúne todas as condições para a realização deste evento”.

O projeto, afirma o autarca, “é inovador e com mais qualidade para podermos ajudar as nossas coletividades, que nestes três anos não conseguiram angariar fundos para as suas despesas e atividades anuais”.

Além da tradicional Mostra de Artesanato e Gastronomia, a Semana Cultural vai “estrear” a primeira Feira Agro-Industrial, que dá a conhecer diversas máquinas agrícolas, entre outros equipamentos.

No total serão 45 espaços de artesanato e comércio e seis tasquinhas, “onde pode degustar de boa comida e bebida”, além de espaços para os mais novos, com carrosséis, insufláveis e até passeios e batismos a cavalo, com a colaboração da Escola Superior Agrária de Coimbra e do Centro Hípico.

“É uma festa de convívio, com gastronomia, bebida e muita animação”, refere Jorge Veloso, perspetivando atingir quatro mil ou mais visitantes durante o certame.

Durante oito dias o evento vai ser contemplado com várias atuações, com entrada gratuita, exceto nos dias 11 e 18 de junho que terão um valor de três “tasquinhas”. Hoje a animação está a cargo dos Gaiteiros Rouxinóis do Mondego, do Fado Ladeira e culmina com a atuação da banda Hidrogénio.

Para amanhã, a festa faz-se com um momento musical proporcionado pelo Grupo de Concertinas Águas do Mondego, seguindo-se as Marchas Populares, que conta com a presença de cinco marchas, “três delas da nossa União de Freguesias”. Depois será tempo de pegar no seu par e dar um pé de dança ao som da banda Trapos e Farrapos.

No sábado (11 de junho), os visitantes vão ser presentados com uma dança apresentada pela Escola Básica de Casais do Campo e com a animação a cargo do Grupo os 2 Vikings, terminando a noite com a voz do artista nacional bem conhecido, Sérgio Rossi. Domingo (12 de junho) a folia começa com os Gaiteiros Rouxinóis do Mondego e tarde vai ser animada pelo Grupo Sant’ Isabel, terminando a noite com o músico Ruizinho de Penacova.

O programa vai continuar no dia 15 de junho com a atuação dos Gaiteiros Rouxinóis do Mondego, sendo o recinto palco da banda Uskadkasa.

A banda mirandense Ús Sai de Gatas e o DJ Dário Costa vão animar a noite de dia 16 de junho, que conta também com a demonstração de ginástica acrobática dinamizada pelo Acrovigor. Já Tiago Silva e DJ Telo sobem ao palco a 17 de junho.

A semana cultural, orçada em mais de 30 mil euros, termina a 18 de junho (sexta-feira) com o espetáculo Tricana e da Banda Red. Nesse dia de manhã, pelas 10h00, vai ser realizada a Caminhada Verde do Mondego, de cariz solidário, cuja inscrição tem um valor de cinco euros, que reverterá para uma instituição. “Perspetivamos ter entre 200 e 300 participantes inscritos”, ambiciona o presidente Jorge Veloso.

 


  • Diretora: Lina Maria Vinhal

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM