22 de Novembro de 2019 | Coimbra
PUBLICIDADE

Olivais FC: Depois da Supertaça, a estreia na Eurocup Women

11 de Outubro 2019

A equipa sénior feminina do Olivais Futebol Clube (FC) conquistou no sábado a Supertaça, um troféu importante que se junta a outros conquistados recentemente, como a Taça de Portugal e o Campeonato Nacional. Depois de mais esta grande conquista, a equipa prepara-se agora para disputar, dentro de dias, a Eurocup Women 2019/2020.

O Olivais começou, de forma brilhante, a nova época desportiva. Depois das importantes conquistas na época passada, com a conquista da Taça de Portugal e do título de campeã nacional, a equipa sénior feminina volta a subir agora ao pódio, ao vencer, no sábado, no Pavilhão Municipal de Tondela, o Vitória de Guimarães por 55-39.

Foi com este resultado significativo que a equipa de Coimbra conquistou a quarta Supertaça da sua história. O Olivais entrou muito bem no jogo, destacando-se logo desde o início do encontro, tendo chegado ao fim do primeiro período já com uma vantagem de seis pontos que segurou e ampliou até ao final do encontro.

Apesar do excelente resultado, o presidente do Olivais, Jaime Silva, admite que este “foi um jogo muito difícil mas que correu bem”, com o “Olivais a conseguir, pouco a pouco, segurar e aumentar a vantagem”. Como é natural no início da época, a equipa está ainda a adaptar-se ao conjunto. “O início é sempre complicado. Houve muita gente nova a entrar, as atletas estrangeiras também não são as mesmas, a nossa capitã foi jogar para a Suíça e, perante todas estas mudanças, é preciso tempo para a equipa se habituar a jogar em conjunto”, realça.

A atleta do Olivais Artemis Afonso foi considerada a “Jogadora mais valiosa” (MVP), com dois pontos, ao acertar o único lançamento tentado, e 10 ressaltos. Destaque também para as prestações de Ana Rodrigues, com 14 pontos, e Lana Dusanic e Ana Radovic, ambas com 11. Na equipa adversária, destacou-se Catarina Mateus, ao somar 17 pontos.

Para Jaime Silva esta conquista representa o “culminar de uma época brilhante”. Recorda que o clube “não ganhava um campeonato há 10 anos” e não conquistava os três troféus seguidos – Taça de Portugal, Campeonato Nacional e Supertaça – “há bastante mais tempo”. Mas nem só a equipa sénior brilhou. As equipas da formação estiveram também em evidência, estando em três fases finais e conseguindo ganhar uma delas. “Foi, sem dúvida, um ano notável”, sublinha o presidente.

Olivais disputa Eurocup Women

Ao conquistar o Campeonato Nacional de Basquetebol Feminino, o Olivais assegurou também a participação na Eurocup Women 2019/2020, competição onde se vai estrear já na próxima quarta feira, 16 de outubro, na Hungria, frente à equipa Uni Gyor Mely- Ut. Para além deste, o Olivais tem ainda mais dois jogos fora, um a 28 de novembro, frente à equipa Perfumerias Avenida, e outro a 4 de dezembro, frente à equipa Lointek Gernika Bizkaia, ambos em Espanha.

O Olivais vai disputar também três jogos em casa, no Pavilhão Municipal Multidesportos Mário Mexia, em Coimbra. Recebe o Perfumarias Avenida a 24 de outubro, o Lointek Gernika Bizkaia a 31 de outubro e o Uni Gyor Mely – Ut a 7 de novembro.

Os três jogos que vão ser disputados em Coimbra têm início às 20h30 e são abertos ao público. Jaime Silva lembra que são “oportunidades únicas para ver algumas das melhores equipas de basquetebol feminino da atualidade e para assistir a grandes espetáculos de basquetebol”.

Sobre a prestação do Olivais, realça que “não há nenhuma ansiedade”, com a equipa e a Direção a encararem estes encontros como “uma experiência importante para fazer evoluir as jogadoras, incluindo as mais novas, e para melhorar o jogo”. Admite que não há a “ambição de lutar pelos primeiros lugares”, uma vez que “são equipas muito fortes, com outros orçamentos, outras realidades e muitas atletas estrangeiras, algumas jogadoras da NBA”.

“Estarmos nesta competição europeia é a prova da qualidade do trabalho desenvolvido. Esta prova é uma ajuda, um incentivo, mas conhecemos a nossa realidade e sabemos que jogamos com ‘armas’ muito diferentes das do resto da Europa no que diz respeito ao basquetebol feminino”, realça.

Jaime Silva espera, contudo, que esta seja uma experiência benéfica para o basquetebol português e também para a cidade de Coimbra. Adianta que, nos dias dos jogos, haverá atividades a começar uma hora antes, sendo intenção do clube “transformar estes encontros numa festa do basquetebol que sirva também para incentivar as meninas a praticar a modalidade”.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM