21 de Junho de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Música ao ar livre regressa à Quinta de S. Jerónimo

11 de Junho 2021

O ciclo “Há música no jardim” está de regresso ao anfiteatro da Quinta de S. Jerónimo. Promovido pelo Clube Residencial Cidade Jardim e pela Junta de Freguesia de Santo António dos Olivais, este evento traz novamente a música a este atrativo espaço público da cidade, desafiando a população a ir conhecê-lo e a usufruir dele ao longo de todo o ano.

Devido à pandemia, o programa surge, este ano, com algumas adaptações, nomeadamente a nível da logística, de forma a garantir o cumprimento de todas as normas de segurança recomendadas pela Direção Geral de Saúde (DGS). Os quatro espetáculos vão concentrar-se, assim, em apenas dois fins de semana, mais precisamente hoje e amanhã e na próxima sexta feira e sábado, 18 e 19 de junho, sempre às 18h30.

Ruben Alves e Patrícia Antunes abrem hoje a programação com o espetáculo de jazz “For the fab four”. Amanhã o destaque vai para a música tradicional portuguesa com o Colectivo Ciranda, no dia 18 continua a música portuguesa com JP Simões e no dia 19, a encerrar, estará o grupo Cordis, também com música portuguesa.

Os espetáculos mantêm-se gratuitos mas, o atual contexto, obriga à emissão de bilhetes, uma vez que a lotação do anfiteatro estará reduzida a cerca de 250 espetadores, com as cadeiras a respeitarem o distanciamento imposto pela DGS. Margarida Mendes Silva, do Clube Residencial, explicou que os bilhetes podem ser levantados nos dias dos concertos, a partir das 17h00, na Quinta de S. Jerónimo, junto à entrada da piscina. Os espetadores poderão começar a ocupar os seus lugares a partir das 18h00, estando definidos e sinalizados os percursos, de forma a evitar o cruzamento e contacto entre os presentes.

Toda esta questão logística é assegurada pela Junta de Freguesia de Santo António dos Olivais que, para além do apoio financeiro, garante todas estas questões de segurança. O presidente da Junta, Francisco Andrade, enalteceu esta realização, que traz a música para um dos belos espaços da cidade, num programa “direcionado a toda a população, independentemente dos estratos sociais”. Lamentou que esta área verde e aprazível não seja ainda tão conhecida como deveria, convidando os conimbricenses a “beneficiarem e a usufruírem” dela, já que reúne atrações diversas numa área de cinco hectares, como quatro campos de padel, um campo de ténis, piscinas, restaurante, anfiteatro ao ar livre, uma capela e um amplo espaço verde, onde é possível apreciar grande diversidade de espécies da fauna e da flora.

O ciclo “Há música no jardim” representa um investimento de 11 mil euros, contando com o apoio de 3.000 da Junta de Freguesia e de 5.000 da Câmara de Coimbra, que patrocina esta realização, que vai já na oitava edição, pela primeira vez.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM