29 de Novembro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Festas da Cidade convidam a celebrar Coimbra

28 de Junho 2019

Começam amanhã as Festas da Cidade de Coimbra. As comemorações vão estender-se por vários espaços da cidade, durante nove dias, e apostam num programa dinâmico e abrangente que envolve vários agentes culturais e desportivos do concelho e que convida a celebrar Coimbra.

De 29 de junho a 7 de julho, Coimbra apresenta-se ainda mais convidativa. As Festas da Cidade asseguram nove dias de muita festa, num programa que, como realça a autarquia, foi pensado para agradar a todos os públicos e que promete “agitar” toda a cidade, com as iniciativas a decorrerem em vários espaços emblemáticos, como o Jardim da Sereia, o Parque Verde, a Praça do Comércio, o Convento São Francisco e o Terreiro da Erva.

Apesar de este ano não se realizarem as tradicionais procissões da Rainha Santa Isabel, que acontecem apenas de dois em dois anos (nos anos pares), Coimbra pretende celebrar a cidade e a sua padroeira com todo o esplendor, através de um programa que concilia vários concertos musicais, espetáculos de fogo de artifício, exposições, visitas guiadas, exibições cinematográficas, animação de rua, folclore e etnografia, atividades desportivas e as tradicionais comemorações oficiais do Dia da Cidade, a 4 de julho.

A nível musical, o programa, que propõe diversas sonoridades, abre amanhã com Rodrigo Leão e continua com Tiago Nacarato (1 de julho), The Black Mamba (2 de julho), Ana Moura (3 de julho), Miguel Araújo (5 de julho) e HBM (6 de julho).

Ainda na música, destaque para dois projetos culturais – “Na Cor do Avesso” e “Este Rio Imenso”. O primeiro, que vai ser apresentado domingo, no Jardim da Sereia, é um projeto recente que tem como base a canção e a guitarra de Coimbra, tendo como compositores António José Moreira, Carlos Filipe Cruz, Ricardo Dias, Jorge Cravo, Manuel Portugal e Pedro Nuno Lopes. O espetáculo “Este Rio Imenso” vai ser apresentado no Dia da Cidade, 4 de julho, e pretende comemorar a diversidade musical de Coimbra, juntando, como realça a autarquia, “uma boa parte dos protagonistas que mais têm contribuído para a definição do ambiente musical da cidade, impulsionando o diálogo entre diferentes géneros, estéticas e sensibilidades, e desafiando todos os intervenientes a percorrer repertórios inusitados, através de orquestrações, improvisos e conjugações inesperadas”.

Baile da Rosa convida Coimbra a dançar

O Baile da Rosa é já um dos eventos emblemáticos das Festas da Cidade. No dia 6 de julho, a partir das 23h00, o Terreiro da Erva vai transformar-se num enorme salão de baile, estando a música a cargo da banda Bohéme, com um repertório dedicado exclusivamente à música popular de diversas épocas. Este evento pretende recriar uma antiga festa popular da cidade e, tal como tem sucedido nos últimos anos, promete ser um dos momentos de grande animação destas festas.

No mesmo dia o público pode assistir ainda a outro evento marcante – a Serenata Monumental dos Antigos Estudantes da Universidade de Coimbra. Os acordes das guitarras e as vozes dos cantores que, ao longo dos últimos anos, têm ajudado a elevar o estandarte da canção de Coimbra vão fazer-se ouvir, na noite de 6 para 7 de julho, quando soar a meia noite, no Largo da Sé Velha. Este espetáculo celebra “a condição, especial e única, de antigo estudante de uma universidade que é Património da Humanidade pela UNESCO, pela monumentalidade que ostenta, mas também pelo que de imaterial representa o seu património, da Língua Portuguesa ao fado de Coimbra”.

A Serenata começa assim que termine o espetáculo de fogo de artifício que vai cruzar os céus de Coimbra, tendo como cenário o Rio Mondego. Estes espetáculos pirotécnicos, acompanhados de música, são também um dos pontos altos das festas. O primeiro está marcado para dia 3 e o segundo para dia 6, à meia noite, devendo ambos atrair milhares de pessoas, como tem sido habitual.

Celebrações juntam cultura, desporto, feiras e património

As Festas da Cidade voltam a juntar cultura, desporto, feiras, património e muito mais, num programa promovido pela Câmara de Coimbra e que envolve várias entidades da cidade.

No desporto, destaque para a realização do tradicional Torneio Internacional de Bridge, para a Semana Waterpolo – Torneio Popular, para o II Torneio Coimbra Ténis Open Sénior, para o Campeonato Nacional de Equipas de Pich&Putt, para o Quad Cup 2019, para o III Waterpolo Challenge, para a Etapa World City Tour Laser Run e para o Sarau de Final de Ano Acrogym, entre outros eventos.

A nível cultural, destaque para a Serenata Futrica, que se vai realizar na quarta feira, a partir das 22h00, no Arco de Almedina; e para a Feira da Doçaria da Rainha Santa Isabel, que vai decorrer, na quinta feira, Dia da Cidade, a partir das 10h00, no Terreiro do Mosteiro de Santa Clara-a-Nova. No dia 7 de julho, a partir das 10h00, no Parque Verde, vai realizar-se o IV Encontro de Hidroaviões Cidade de Coimbra.

O programa integra ainda várias exposições, oficinas, visitas guiadas, exibições cinematográficas, fado, ciência e o lançamento da obra “Fábrica de Lanifícios de Santa Clara”, sendo de destacar também o espetáculo da Filarmónica União Taveirense e as Gentes da Nossa Terra, no dia 7, às 18h00, no Convento São Francisco.

Paralelamente decorrem ainda outros eventos que se estendem até depois da festa, como a Feira Popular de Coimbra, que vai animar o Parque da Canção até14 de julho.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM