16 de Junho de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Encontro literário de Coimbra homenageia Teolinda Gersão

21 de Maio 2021

Coimbra vai receber, na próxima semana, de quarta feira a sábado, a primeira edição do Encontro Literário Internacional “Cidades Invisíveis”, evento promovido pela autarquia que pretende “perpetuar o vínculo histórico entre a cidade e a literatura”.

Este programa, que faz parte da programação da candidatura de Coimbra a Capital Europeia da Cultura em 2027, vai incluir debates, mesas redondas, exposições, um momento de poetry slam, entre outros. Vai decorrer em diversos espaços de Coimbra, do Convento São Francisco à Quinta das Lágrimas, passando pela Casa-Museu Miguel Torga, com algumas iniciativas a terem lugar ao ar livre, nas ruas do concelho.

De acordo com o Município, este Encontro vai realizar-se anualmente, contando com uma cidade convidada a cada edição. Santiago de Compostela, geminada e com uma ligação histórica a Coimbra, foi a escolhida para esta primeira edição.

Vão participar neste programa, entre outros autores, os portugueses Francisco Duarte Mangas, José Manuel Mendes, Marlene Ferraz, Vasco Pereira da Costa, Viale Moutinho e, ainda, Teolinda Gersão, a quem será prestada uma homenagem pelos 40 anos de carreira. A Câmara Municipal de Coimbra vai atribuir a Medalha de Mérito Cultural Grau Ouro a esta escritora natural de Coimbra e de enorme relevância cultural no panorama literário nacional.

De Santiago de Compostela, participarão os escritores galegos Cesáreo Sánchez Iglesias (presidente da Associação Galega de Escritores), Elias Torres Feijó, Susana Sánchez Arins, Teresa Moure e, ainda, Carlos Quiroga, que realizará uma residência literária na Casa da Escrita, dedicando-se a um projeto literário, e participará nas atividades regulares da cidade.

O Encontro Literário abre na quarta feira, às 15h00, na antiga Igreja do Convento São Francisco. Depois da sessão de abertura, tem início a conferência “Solitário andar por entre a gente (de Sá de Miranda a Miguel Torga)”, por José Augusto Cardoso Bernardes. Do programa desse primeiro dia, destaque ainda para a mesa redonda “Escrever na cidade”, “Leituras no Convento” e visita à exposição “O Livro Transformado”.

Na quinta feira, os eventos vão decorrer em alguns belos espaços da cidade. A Casa-Museu Miguel Torga apresenta, a partir das 10h00, a exposição “Diário de um Orfeu Rebelde. 80 anos da publicação do 1.º volume do Diário de Miguel Torga”. A Quinta das Lágrimas acolhe, a partir das 11h30, uma instalação literária a propósito de Pedro e Inês, “Reminiscências da Luz”, com texto de Cristina Robalo Cordeiro e fotografias de Bruno Sacadura; e à tarde, a partir das 14h30, a mesa redonda sobre “Uma Associação de Escritores: solidários/solitários?”, com José Manuel Mendes, Cesáreo Sánchez Iglesias e Francisco Duarte Mangas, sendo moderado por António Pedro Pita. É também na Quinta das Lágrimas que, às 16h00, decorre a conversa sobre os 40 anos de carreira de Teolinda Gersão, escritora que vai ser homenageada pela autarquia às 18h00, nos Paços do Município.

O programa continua na sexta com mesas redondas de escritores no Convento São Francisco e ocupações literárias e poetry slam (SESLA-Associação Académica de Coimbra) na Casa da Escrita.

O Encontro integra ainda, no sábado, dia 29, a partir das 10h30, a realização de uma visita pela Alta da cidade, num percurso designado “Re-habitar”, roteiro de escritores, pela Cooperativa Bonifrates. Termina, às 11h30, no Grémio Operário, com leituras e a sessão de encerramento.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM