20 de Outubro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Coimbra assinalou 41 anos do SNS

18 de Setembro 2020

Os 41 anos do Serviço Nacional de Saúde (SNS) foram assinalados na terça feira, no Parque Verde de Coimbra, com a cerimónia simbólica da rega da “Oliveira SNS”, um “símbolo de resistência e de esperança na vitalidade do SNS, essencial a todos nós e à concretização do sonho de António Arnaut de ‘construir uma sociedade mais livre, justa e solidária’”. Promovida pela Liga dos Amigos dos Hospitais da Universidade de Coimbra (LAHUC) e pela Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SROMC), esta cerimónia assume-se como “um momento de homenagem à memória de todos os intervenientes na defesa do SNS e, em especial, dos seus criadores”. Este ano contou com a presença da ministra da Saúde, Marta Temido, que, no seu discurso, defendeu que deve haver “um desenvolvimento harmonioso” entre todas as unidades que constituem o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), considerando que esta é “a melhor forma de servir os conimbricenses e a população que habita a região”.

Recorde-se que a LAHUC foi a mentora da plantação e rega da “Oliveira SNS” no Parque Verde, junto ao Pavilhão Centro de Portugal, a 15 de setembro de 2009. Nesse ano, a cerimónia contou com a presença de António Arnaut que fez também questão de participar nos anos seguintes, até à sua morte, em 2018. No ano passado, por ocasião dos 40 anos do SNS, a LAHUC criou um movimento cívico com vista à plantação da “Oliveira SNS” em todos os municípios portugueses para que a 15 de setembro, todos os anos, se possível à mesma hora, se fizesse simbolicamente a rega da oliveira. Com a Covid-19 o projeto foi adiado mas, de acordo com a presidente da LAHUC, Isabel Garcia, “será retomado oportunamente”.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM