28 de Maio de 2020 | Coimbra
PUBLICIDADE

Bispo de Coimbra abre domingo celebrações do Ano Jubilar

10 de Janeiro 2020

As celebrações do Ano Jubilar de Santo António e dos Mártires de Marrocos começam domingo (12 de janeiro), às 16h00, na Igreja de Santa Cruz, com uma cerimónia inaugural que será presidida pelo Bispo de Coimbra, D. Virgílio do Nascimento Antunes.

A cerimónia de abertura do Ano Santo começa com uma procissão até à “Capela Jubilar”, preparada para o efeito na antiga capela lateral dos Mártires de Marrocos, situada no interior da igreja. Ali chegado, o Bispo diocesano abrirá solenemente a Porta Santa, local que marca o ponto de referência da peregrinação àquele templo onde Santo António estudou cerca de cinco anos e onde foi ordenado sacerdote.

No interior da “Capela Jubilar” vai encontrar-se a Imagem de Santo António com o hábito crúzio, uma tela com a representação do martírio dos franciscanos em Marrocos e os bustos com as relíquias dos protomártires franciscanos.

Depois da abertura da Porta Santa, vai ser celebrada missa solene que será acompanhada por um coro que reunirá membros de várias paróquias da Diocese, acompanhado por instrumentos de sopro e percussão. Para o efeito, o organista João Henriques compôs uma inédita “Missa para o Jubileu de Santo António e dos Mártires de Marrocos”, com os cantos do ordinário da missa. Na ocasião, será também entoado, pela primeira vez, o “Hino Jubilar”, da autoria de Sílvio Vicente.

Um ano marcante para Coimbra

É com esta celebração que arranca um programa extenso e variado, que, até 17 de janeiro de 2021, vai comemorar o Jubileu dos 800 anos dos Mártires de Marrocos e de Santo António. Este será um marco único para Coimbra, que vai ligar a cidade ao mundo, através de um programa pastoral, científico e cultural que evoca a importância que o martírio dos primeiros frades franciscanos em Marrocos teve na vocação de Santo António.

Convocado pelo Papa Francisco para a Diocese de Coimbra, o Jubileu, ou Ano Santo, vai ser celebrado com múltiplas realizações, promovidas pela Diocese de Coimbra, Igreja de Santo António dos Olivais e Mosteiro de Santa Cruz, contando também com a participação de várias entidades e instituições da cidade – como a Câmara Municipal de Coimbra, o Turismo Centro de Portugal, a Junta de Freguesia de Santo António dos Olivais, a União de Freguesias (UF) de Coimbra e a UF de Santa Clara e Castelo de Viegas.

Das muitas atividades propostas, destaque para a realização de três grandes exposições sobre os Mártires de Marrocos e Santo António, que resultam de uma parceria entre os museus nacionais de Machado de Castro e de Arte Antiga e que vão decorrer nestes dois espaços e também na Igreja de Santa Cruz.

O colóquio “Mártires de Marrocos – Evocação dos 800 anos do Martírio”, o congresso científico internacional subordinado ao tema “Os Mártires de Marrocos e Santo António” e o ciclo “Diálogos com António” são também eventos de referência, que trarão a Coimbra personalidades da cultura e do saber. Haverá também vários momentos musicais, concertos compostos propositadamente para o Ano Jubilar, peregrinações ao Mosteiro de Santa Cruz e à Igreja de Santo António dos Olivais e muitas outras realizações inspiradas nesta temática, estando todo o programa disponível no site oficial do Ano Jubilar (jubileu2020.pt).


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM