25 de Janeiro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Tempo frio exige cuidados redobrados

8 de Janeiro 2021

As temperaturas anormalmente baixas que se têm registado neste início do ano exigem cuidados redobrados por parte da população. A Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC), através da coordenação regional do Plano de Saúde Sazonal Outono-Inverno 2020-2021, e a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil divulgaram algumas recomendações para que todos possam acautelar a sua saúde e proteção nestes dias mais frios.

De uma forma geral, recomendam que se mantenha o conforto térmico das habitações, assegurando o seu aquecimento e sem prejuízo de garantir o arejamento e ventilação necessários. Alertam para os perigos de braseiras e fogareiros que, para além do risco de incêndios, podem provocar intoxicações, potencialmente mortais, pelo monóxido de carbono, mas também para possíveis avarias nos circuitos elétricos, que podem trazer também complicações sérias. Quem usa dispositivos de aquecimento deve desligá-los sempre antes de se deitar.

As pessoas devem usar várias camadas de roupa e cubrir as extremidades (cabeça e mãos), manter os pés quentes e confortáveis e ingerir bebidas e alimentos quentes, evitando bebidas alcoólicas, que dão uma falsa sensação de calor. Neste período de mais frio, é recomendado que mantenham a atividade física mas que evitem o exercício físico intenso ou extenuante.

Para além destas recomendações gerais, a ARSC e a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil apelam às pessoas para que contactem com regularidade, por telefone, os seus familiares ou amigos que vivem isolados, em especial idosos e acamados, de forma a averiguar se estão bem e se dispõem de alimentos, medicamentos ou outros bens essenciais. Devem merecer especial cuidado os grupos populacionais mais vulneráveis, como crianças, idosos, pessoas portadoras de patologias crónicas, população sem abrigo e pessoas que exerçam atividade no exterior.

Devem ter atenção, também, à formação de gelo nas ruas e estradas, de forma a evitar quedas e acidentes rodoviários.

As pessoas devem estar muito atentas à sua saúde e, caso desenvolvam sinais ou sintomas de infeção – como febre/arrepios de frio, dores musculares, tosse, falta de ar de início súbito ou agravada – devem manter-se isoladas em casa e contactar a linha SNS 24 (808 24 24 24) para triagem e orientação. Para dúvidas ou mais orientações, podem consultar o site da Direção Geral de Saúde.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM