23 de Abril de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Seis municípios da Região de Coimbra recebem Unidades Móveis de Saúde

26 de Fevereiro 2021

A Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra entregou, na sexta feira, seis Unidades Móveis de Saúde aos municípios de Arganil, Góis, Mira, Mortágua, Penacova e Vila Nova de Poiares, continuando assim o projeto piloto iniciado no ano passado, em parceria com a Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC), em Condeixa-a-Nova e Montemor-o-velho.

Designado “Região de Coimbra + Proximidade”, este projeto tem como objetivo dotar todos os 19 municípios que integram a CIM de uma Unidade Móvel de Saúde. Desde o seu arranque, foram já entregues equipamentos também a Cantanhede, Mealhada, Miranda do Corvo, Penela e Tábua. Os restantes seis municípios irão receber estas Unidades até final de março, segundo anunciou o presidente da CIM Região de Coimbra, José Carlos Alexandrino, durante a cerimónia de assinatura dos acordos com os presidentes das seis câmaras agora contemplados.

Na presença do secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Sales, e do secretário de Estado da Juventude e do Desporto (e também coordenador da execução das medidas de combate à pandemia da covid-19 na Região Centro), João Paulo Rebelo, José Carlos Alexandrino alertou para “o mar de dificuldades” que a pandemia tem provocado aos presidentes das várias autarquias, sendo intenção da CIM “encontrar as melhores soluções em defesa da vida”.

Cem por cento elétricas e amigas do ambiente, estas Unidades Móveis de Saúde estão “dotadas de equipamento essencial para que os profissionais de saúde tenham mais um meio de combate à pandemia”, sublinhou o presidente da CIM, enaltecendo o papel que poderão ter na ajuda ao processo de vacinação, sobretudo nas zonas mais periféricas, onde as pessoas têm mais dificuldades em deslocar-se.

José Carlos Alexandrino recordou que, depois do arranque do projeto piloto nos concelhos de Condeixa e Montemor-o-Velho, rapidamente verificaram que “era fundamental alargá-lo a todos os municípios da CIM da Região de Coimbra”. No total, o projeto representa um investimento de 560 mil euros, financiado por fundos comunitários, através de uma candidatura aprovada pelo Programa Operacional Regional do Centro 2020, Portugal 2020 e FEDER. Vai dotar cada um dos 19 concelhos de uma viatura 100 por cento elétrica, apta para responder não só às necessidades que resultam da pandemia mas também na prestação dos vários cuidados de saúde.

João Paulo Rebelo realçou a importância deste projeto, que “começou como projeto piloto e ganhou força para se alargar a toda a Região de Coimbra”, beneficiando todo o território.

António Sales destacou, por sua vez, o papel que estas Unidades Móveis de Saúde representam nesta fase tão crítica da pandemia. Sublinhou ainda que, apesar de se assumirem como mais “uma ajuda no processo de vacinação”, surgem também como “uma resposta estruturante para o futuro”.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM