13 de Maio de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Programas natalícios para todos os gostos e idades

20 de Dezembro 2019

Natal é tempo de família, convívio e celebração. Nesta época abundam os programas, uns mais criativos, outros mais tradicionais, que convidam a sair de casa, a passear e a desfrutar das muitas atividades que decorrem um pouco por toda a região, muitas delas exclusivas desta quadra festiva que tanto simbolismo têm para as famílias.

Em Coimbra há eventos para todos os gostos e idades. Na Baixa as luzes continuam a brilhar até 6 de janeiro, num programa que propõe de tudo um pouco, como exposições, presépios, concertos, cânticos de Natal, diversa animação de rua e muitas atrações para os mais novos, sendo de destacar a pista de gelo natural, o carrossel parisiense e a árvore de Natal interativa que vão continuar a animar o Terreiro da Erva até ao dia de Natal.

A Praça Heróis do Ultramar continua a ser outro dos principais palcos festivos, acolhendo, até domingo, o Mercado de Natal, um evento promovido conjuntamente pela Junta de Freguesia de Santo António dos Olivais e União de Freguesias de Coimbra que tem sido um sucesso, conquistando expositores e público e provando que veio mesmo para ficar. A par com a oferta expositiva, que conta com a participação de cerca de uma centena de expositores, assegurando grande diversidade, há também animação de rua permanente e momentos musicais. Hoje destaque para as atuações do Coro da APRE (18h00) e do Grupo de Concertinas de Casconha (19h00). Amanhã há cânticos de Natal pelo Grupo Folclórico de Coimbra (17h00) e pelo Grupo Etnográfico da Casa do Pessoal dos Hospitais da Universidade de Coimbra (18h00). No domingo, último dia, atuam o Grupo Folclórico da Casa do Pessoal da Universidade de Coimbra (15h30) e o Grupo Tribo da Dança (17h00).

Se já conhece as atrações existentes na cidade, pode percorrer também a região. Em Cantanhede são também muitas as atrações até 6 de janeiro, como presépios, carrossel, ateliês, exposições, hora do conto, teatro, música e mercados. Do vasto programa, realce para o Mercadinho de Natal que decorre até segunda feira, na Praça Marquês de Marialva; para as celebrações, este fim de semana, dos 500 anos do Foral de Outil; e para o espetáculo solidário, amanhã, às 21h30, no Salão dos Bombeiros Voluntários, pela Associação Orfeão Vox Caeli de Cantanhede. Neste período, sucedem-se também os concertos de Natal em vários espaços do concelho e, já em janeiro, a encerrar as festividades, estão os concertos de Ano Novo.

Mira celebra também a quadra até 6 de janeiro com várias atrações, como concertos, teatro, festas de Natal, animação de rua, um carrossel infantil, campanhas no comércio tradicional e a já célebre passagem de ano na Praia de Mira, que tem este ano como atração principal David Carreira.

O “Castelo Mágico – Viajem ao mundo de Natal” volta a ser, pelo segundo ano consecutivo, o “cartão de visita” de Montemor-o-Velho, assegurando múltiplas atrações para toda a família. Até 5 de janeiro, o castelo continua a assumir-se como um palco de magia. Pista de gelo, planetário, carrossel, casa do Pai Natal, teatro, neve, mercadinho, “streetfood”, animação permanente e, até, um comboio turístico são algumas das atrações deste evento que espera atrair 70 mil visitantes, contribuindo para a valorização e promoção da vila e afirmando-se como um evento natalício de referência em todo o país.

Em Penacova, a par com o cenário festivo, destaque para a realização, amanhã, a partir das 16h00, da II Corrida de Pais Natal, evento gratuito que começa junto à Câmara e vai percorrer vários pontos de interesse da vila, ao longo de 14 quilómetros. A prova inclui, ainda, uma caminhada mais curta, com cerca de seis quilómetros e com um carácter mais familiar. Neste período, o concelho convida ainda a degustar os “Sabores da Terra”, que se encontram em destaque em 15 restaurantes, como o arroz de míscaros, o sarrabulho, o cabrito e a chanfana.

O “Penela Presépio” tem já um longo historial em Penela esperando ultrapassar este ano os 50 mil visitantes. O Castelo volta a acolher o grande presépio animado, que conta com mais de 370 figuras em movimento, contando “histórias” do tempo que antecedeu o nascimento de Jesus. Até 5 de janeiro, a animação espalha-se por todo o concelho, num programa abrangente que inclui presépios ao vivo, exposições de presépios, um Mercadinho de Natal, animação de rua, atividades infantis, espetáculos musicais e um “comboio de Natal”. Destaque também para o Presépio Tradicional do Espinhal, instalado uma vez mais no Mercado Municipal. Feito por artesãos locais, representa as suas gentes e o património numa réplica que muito orgulha os seus habitantes, onde não faltam as recriações das aldeias, ribeiras e casas senhoriais.

Em Vila Nova de Poiares há também muitas atrações até 6 de janeiro. Destaque, amanhã, às 13h00, na Associação Recreativa de São Miguel, para a realização do almoço solidário dirigido à população sénior e para a apresentação da peça de teatro “Os Sinos da Catedral”, às 21h30, no Centro Cultural. Já em janeiro, no dia 5, a partir das 15h00, as principais ruas da vila vão receber o Presépio Vivo, os Reis Magos e a princesa Miriam.

Estas são apenas algumas das sugestões que convidam a percorrer Coimbra e a região e a vivenciar esta quadra em família.

Natal no aconchego do lar

Se há quem goste de sair, há também quem opte por vivenciar esta época, fria por natureza, no aconchego do lar, desfrutando de toda a ambiência e sabores tradicionais. A tradição manda que a mesa permaneça posta do Natal aos Reis, não podendo faltar o bolo rei, as rabanadas, os sonhos, as velhoses e muitas outras iguarias que continuam a ser tradição na mesa dos portugueses.

Com ou sem lareira, sabe também bem ficar por casa, rodeado da família, partilhando histórias e brincadeiras neste momento de encontro e celebração.

Há muitos e variados programas para fazer em família nesta época tão especial e com tão grande simbolismo, preparada por isso ao pormenor. A magia desta quadra é ainda mais evidente nestes dias que antecedem a Consoada, com o movimento a ser mais evidente, numa “corrida” por aquele presente de última hora.

E há tantas sugestões, para todos os gostos. Desde os presentes mais ligados à época, como os presépios tradicionais, a outros que são sempre usuais, como os chocolates, os livros e os jogos.

Livros com História

Se os livros fazem parte da sua lista de Natal, aqui ficam algumas sugestões, para todas as idades e muitos deles recheados de História.

“A Bibliotecária de Auschwitz”, da autoria de Antonio G. Iturbe, é uma das sugestões. Este é um livro diferente de tudo o que já se leu sobre o Holocausto, abordando temas de que poucos têm conhecimento, como a existência de livros num campo de extermínio. Através da história da jovem Dita, que escondia todas as noites os frágeis oito volumes da biblioteca mais pequena, recôndita e clandestina que jamais existiu, transmite uma maravilhosa lição de coragem e esperança.

Ainda sobre História, Eddy de Wind apresenta “Última Paragem – Auschwitz”, um arrepiante testemunho das atrocidades de Auschwitz e, pelo que se sabe, o único livro escrito integralmente no campo de extermínio. Trata-se de um relato comovedor sobre amor, família e sobrevivência; um documento histórico que narra de forma avassaladora o destino dos presos num campo de extermínio.

Para quem prefere um bom thriller, Jessica Barry apresenta “A Fugitiva”, uma história de mistério eletrizante, carregada de ação e drama emocional. Empolgante e viciante, esta obra, que marca a estreia da escritora, explora o vínculo profundo e complexo entre mães e filhas. Um desastre de avião, a luta da sobrevivente para resistir e uma mãe que tenta perceber a filha que julgava morta estão no centro desta história.

Do mesmo registo, mas mais direcionado para a questão da justiça, é o novo livro de John Grisham, “O Poder da Justiça”, que coloca um jovem advogado recém-formado contra um adversário obviamente muito mais poderoso, sobre um caso de corrupção ligado a grandes companhias de seguros.

Se prefere um bom romance, Danielle Steel apresenta “Uma Vida Perfeita”, um livro que tem como protagonista uma jornalista de 47 anos que, por detrás da sua imagem de sucesso, esconde segredos que não quer ver expostos. Bem conhecida do público, com mais de 50 livros publicados, a escritora volta a apresentar mais um romance intenso e envolvente, uma história de vida tocante que mostra que tudo pode mudar num instante.

E como, para tudo na vida, é preciso motivação, Marian Rojas Estapé apresenta “Como fazer para acontecerem coisas boas”, um livro onde aborda a forma como as emoções e os pensamentos influenciam diretamente cada pessoa e como a forma como cada um lida com os problemas pode condicionar a sua saúde, contribuindo para possíveis depressões ou crises de ansiedade. A escritora procura, no fundo, ajudar o leitor a ser mais feliz, curando as feridas do passado e olhando para o futuro com esperança.

Nesta área, não faltam propostas para todas as idades e gostos, havendo também tantas opções para os mais novos, histórias de encantar para ouvir em família, promovendo hábitos de leitura desde tenra idade e mostrando a miúdos e graúdos que é possível viajar e conhecer o mundo sem sair de casa.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM