1 de Dezembro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Presidentes de Junta colocam população e desenvolvimento em primeiro lugar

22 de Outubro 2021

As pessoas e o desenvolvimento das freguesias que representam é uma preocupação a todos os presidentes das Juntas urbanas do concelho de Coimbra. Independentemente da cor partidária, todos são unânimes nos objetivos que têm para os próximos quatro anos. Esta foi a grande mensagem deixada nas cerimónias de tomada de posse por Francisco Rodeiro (coligação Juntos Somos Coimbra), presidente de Santo António dos Olivais; por José Simão (coligação Juntos Somos Coimbra), presidente da União das Freguesias (UF) de Santa Clara e Castelo Viegas; por Jorge Veloso (PS), presidente da UF de S. Martinho do Bispo e Ribeira de Frades; e por João Francisco Campos (coligação Juntos Somos Coimbra), presidente da UF de Coimbra; à semelhança do que tinha acontecido já com Luís Miguel Correia, novo presidente da UF de Eiras e S. Paulo de Frades. Também Rui Soares (coligação Juntos Somos Coimbra), que tomou posse para mais mandato na presidência da UF de Souselas de Botão, esta já mais na periferia do concelho, na zona Norte, se mostrou focado nas prioridades dos cidadãos que representa, bem como no contínuo desenvolvimento do território.

Santo António dos Olivais – Qualidade de vida da população é prioridade de Francisco Rodeiro

Carlos Guimarães, Diogo Fagundes, Cristina Agreira, Francisco Rodeiro (presidente), João Madeira, Maria Fernanda Pereira e Ricardo Cândido compõem o novo Executivo

A intervenção em áreas fundamentais para a qualidade de vida da população é uma das prioridades que o novo presidente da Junta de Freguesia de Santo António dos Olivais, Francisco Rodeiro (coligação Juntos Somos Coimbra), assume neste mandato.

Durante a cerimónia de tomada de posse dos órgãos eleitos para esta Junta nas autárquicas de 26 de setembro, que decorreu na noite de sexta, na sede da Junta, o novo presidente enalteceu a “obra de excelência” realizada pelo presidente cessante, Francisco Andrade, à qual pretende dar continuidade. “É chegada a hora de, com total disponibilidade e esforçada dedicação e humildade, começarmos, os vogais e eu, a dar impulso na concretização das justas aspirações dos residentes na área da freguesia, sejam eles pessoas singulares ou coletivas”, disse.

Recorda que antes e durante a campanha eleitoral visitou quase todas as instituições da freguesia, para conhecer as suas necessidades. Congratula-se por não reivindicarem “obras faraónicas” mas sim ações “aparentemente simples mas de muita importância para as comunidades locais, como a erradicação de bolsas de pobreza, a limpeza das ruas e passeios, a conservação de equipamentos públicos de uso coletivo”.

Lembrou, também, a dimensão desta freguesia, com mais de 36 mil eleitores, apelando à Câmara para que olhe para ela “com olhos de ver, dotando-a de recursos financeiros adequados à sua dimensão e à complexidade dos seus problemas e das suas competências”.

Antes da eleição da nova equipa, o presidente da Junta cessante, Francisco Andrade, não escondeu que o sentimento era de “alguma nostalgia”, um sentimento normal depois de 20 anos de dedicação a esta Junta. Agradeceu a todos pelo trabalho desenvolvido e destacou o desenvolvimento registado na freguesia e na própria Junta nos últimos anos. “Deixo uma Junta sem dívidas, com saúde financeira e com boas condições para a sua continuação”, assegurou, desejando sucessos à nova equipa e garantindo que, enquanto cidadão, irá “aplaudir” o seu êxito.

O novo Executivo é constituído pelo presidente Francisco Rodeiro e pelos vogais Carlos Guimarães, Diogo Fagundes, Cristina Agreira, João Madeira, Maria Fernanda Pereira e Ricardo Cândido. Para a Mesa da Assembleia de Freguesia foi empossado Jaime Silva como presidente e Helena Granjeia e Samuel Correia, como primeiro e segundo secretários, respetivamente.

Santa Clara e Castelo Viegas – José Simão quer equipa unida para fazer o melhor pela freguesia

Joel Pereira, Lídia Falcão, José Simão (presidente), Bertília Simão e Mário Cassiano compõem o novo Executivo

Ter uma equipa unida em prol do desenvolvimento e da qualidade de vida da população é a grande prioridade de José Simão (coligação Juntos Somos Coimbra). Reeleito para mais um mandato, o presidente da União das Freguesias (UF) de Santa Clara e Castelo Viegas lembra que todas as forças políticas que concorreram às eleições autárquicas de 26 de setembro prometeram “fazer o melhor por esta UF”.

A cerimónia de tomada de posse dos órgãos eleitos para esta Junta decorreu na sexta feira à noite, na sede da Junta de Santa Clara, onde foram eleitos os elementos que vão integrar o Executivo e a Mesa da Assembleia de Freguesia (AF), um processo longo que só ficou decidido à sexta eleição no caso do Executivo e à quarta no caso da Mesa da AF.

O presidente eleito para a Assembleia de Freguesias, Rui Dias (PS), manifestou-se satisfeito com a equipa eleita para este órgão e garantiu que “vai tentar exercer as funções com retidão”, sempre com a preocupação maior de “servir a UF de Santa Clara e Castelo Viegas”.

No final da cerimónia, José Simão mostrou-se animado com esta “abertura” por parte do novo presidente da AF. “Estamos por Santa Clara e Castelo Viegas, todos prometemos fazer o melhor por esta UF”, disse. O presidente da Junta assumiu, também, que “há ideias que outros partidos podem ter e que podem ser implementadas”, uma vez que o desejo maior de todos passa por responder às necessidades e expectativas dos cidadãos desta UF.

“Acredito que este é o melhor Executivo que tivemos até hoje. Acho que esta Assembleia de Freguesia nos dá uma certa confiança, o presidente demonstrou que ia dar abertura para podermos trabalhar e estou com grande esperança, porque penso que melhorámos muito”, frisou José Simão.

O novo Executivo é constituído então pelo presidente José Simão e pelos vogais Joel Pereira, Lídia Falcão, Bertília Simão e Mário Cassiano. Para a Mesa da Assembleia de Freguesia foi empossado Rui Dias como presidente e Catarina Ribeiro e Maria João Pereira, como primeiro e segundo secretários, respetivamente.

S. Martinho do Bispo e Ribeira de Frades – “Primeiro as pessoas “ é o lema de Jorge Veloso

O novo Executivo é composto por José António Nunes, Catarina Pereira, Jorge Veloso (presidente), Carla Fonseca e Vítor Duarte

Jorge Veloso (PS), reconduzido na presidência da União das Freguesias (UF) de S. Martinho do Bispo e Ribeira de Frades, continua a fazer dos cidadãos a sua maior prioridade. Na cerimónia de tomada de posse dos órgãos eleitos para esta Junta, que decorreu no sábado à tarde, na sede de Bencanta, recordou que são já 28 anos de dedicação à causa pública, preparando-se para mais quatro, portanto “uma vida inteira”, agradecendo por isso o apoio da família.

Depois de felicitar o Executivo cessante pelo trabalho desenvolvido, realçou a “riqueza da freguesia”, tanto em termos de associações, coletividades, instituições e estabelecimentos de ensino. Para além do “ensino de excelência”, destacou também as grandes conquistas desportivas obtidas na última época e deixou uma palavra especial ao trabalho desenvolvido pelo grupo da Comissão Social de Freguesia, “onde foi possível acompanhar centenas de famílias no último mandato”.

Deixou também uma palavra de solidariedade a todos os que integraram as listas concorrentes, bem como a todos os cidadãos que acreditaram na sua candidatura. “O último mandato foi difícil, com uma gestão difícil, motivada pela pandemia, mas conseguimos dar uma resposta de que nos podemos orgulhar”, disse, sublinhando que a intenção passa por “fazer mais e melhor pelas nossas freguesias”.

A defesa do Hospital dos Covões, a distinção aos melhores alunos, a atribuição de bolsas de estudo aos estudantes do ensino superior, a distribuição dos cabazes de Natal, a Gala do Desporto, o retomar do Orçamento Participativo, a manutenção das duas sedes de freguesia abertas, o reforço nos serviços dos CTT (Ribeira de Frades) e no Espaço do Cidadão (S. Martinho do Bispo), bem como a manutenção de parcerias com as várias entidades da UF, são algumas das prioridades anunciadas pelo autarca.

Jorge Veloso foi, assim, empossado para um novo mandato. Para além do presidente, foram eleitos para o Executivo Vítor Duarte, Carla Fonseca, Catarina Pereira e José António Nunes. Para a Mesa da Assembleia de Freguesia foi empossada como presidente Maria Elisa Rodrigues. Para primeiro e segundo secretários foram eleitos Joana Balhau e António Jorge Lemos, respetivamente.

União das Freguesias de Coimbra – Pessoas são a prioridade de João Francisco Campos

O novo Executivo é composto por Américo Petim, Mafalda Fagulha, João Francisco Campos (presidente), Assunção Ataíde e Carlos Pinto

“Hoje temos que começar a trabalhar já pelos nossos fregueses e é com todos que quero trabalhar nos próximos quatro anos”. Esta foi uma das mensagens inclusivas deixadas por João Francisco Campos na tarde de domingo, na sede da União das Freguesias (UF) de Coimbra, durante a cerimónia de tomada de posse dos órgãos eleitos nas autárquicas de 26 de setembro.

Reconduzido na presidência, o autarca aproveitou a sala cheia para sublinhar o desejo de que, no futuro, aquele seja “um espaço de partilha”.

Recordou que muito foi feito em prol da freguesia no último mandato mas disse também que “há quatro anos pela frente”, em que espera que “muita coisa mude”. “Já tive oportunidade de dizer isso ao novo Executivo, porque se fizemos nos últimos quatro anos o trabalho que fizemos, as novas portas que se abrem agora e essas novas sinergias com a Câmara Municipal de Coimbra vão trazer-nos novas descobertas e objetivos que vamos ter que conquistar”, realçou, manifestando o desejo de trabalhar com todos, num espírito de união que envolve não só todos os órgãos eleitos mas também todas as coletividades e instituições da freguesia.

João Francisco Campos enalteceu sempre o trabalho que estas entidades têm vindo a desenvolver, considerando que representam uma mais valia para a freguesia, tendo apostado continuamente na criação de sinergias com todos, de forma a criar mais e melhores condições de vida para os cidadãos.

Agradeceu também a todos os que cessaram funções, considerando que juntos conseguiram “fazer bem pela nossa freguesia”, um trabalho que pretende agora continuar com a nova equipa eleita.

O novo Executivo da UF de Coimbra – Sé Nova, Santa Cruz, Almedina e São Bartolomeu – é constituído pelo presidente João Francisco Campos e pelos vogais Carlos Pinto, Américo Petim, Assunção Ataíde e Mafalda Fagulha. Para a Mesa da Assembleia de Freguesia foi empossado Manuel Vieira como presidente e Célia Oliveira e Mariana Ribeiro, como primeiro e segundo secretários, respetivamente.

Souselas e Botão – Rui Soares quer continuar a “fazer o melhor pela freguesia”

Rui Soares (presidente), Elsa Ferreira e Miguel Monteiro compõem o novo Executivo

Continuar a fazer sempre o melhor pela União das Freguesias (UF) de Souselas e Botão é a prioridade de Rui Soares (coligação Juntos Somos Coimbra) que tomou posse no sábado para um novo mandato, juntamente com os novos órgãos eleitos para esta Junta nas autárquicas de 26 de setembro.

Na sessão, o presidente recordou que não são oito mas sim 16 anos de dedicação à causa pública (oito na Assembleia e outros tantos na Junta), um período já longo em que, como sublinhou, sempre pôs “a defesa da freguesia” em primeiro lugar. Lembra que, desde o primeiro mandato, sempre considerou que a zona da periferia – não só esta UF mas também as restantes -, era “desprezada pelas várias Câmaras Municipais”, reivindicando, por isso, mais investimento na zona e melhores transportes. Congratula-se por ter hoje uma UF com bons transportes em quase todas as localidades (falta apenas Santa Luzia), bem como com os benefícios que essa realidade traz para a freguesia, tanto a nível de negócio como habitacional, verificando-se já maior procura de casas para arrendar.

Destaca também o impulso dado na área do desporto e o importante protocolo que será assinado com a Cimpor na próxima quarta feira, no recinto de festas, altura em que será apresentado também um novo autocarro. Segundo Rui Soares, este é “um acordo inédito” e representa “uma conquista para a freguesia”, já que se traduzirá num investimento de “cerca de 400 mil euros” nos próximos quatro anos.

Lembra, contudo, que ainda “há muito a fazer”, espera que a freguesia possa, de alguma forma, ser “ressarcida dos desinvestimentos que sofreu nos últimos oito anos” e assegura que estará sempre disponível para “defender as pessoas” e “dar corpo às ideias e para aproveitar o conhecimento” dos conterrâneos.

O novo Executivo é constituído pelo presidente Rui Soares e pelos vogais Elsa Ferreira e Miguel Monteiro. Para a Mesa de Assembleia de Freguesia foi empossado Carlos Traguedo como presidente e Maria João Oliveira e João Marques, como primeiro e segundo secretários, respetivamente. Tanto o Executivo como a Mesa da AF foram aprovados por unanimidade.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM