23 de Setembro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

MANUEL BONTEMPO

Postal ilustrado

12 de Outubro 2018

É um poeta multifacetado e sempre imprevisto que usa na sua obra literária, vasta e profunda, uma espécie de moral pública, o direito de ser diferente, numa fenomenologia ilusória e da realidade sensível.

Surge agora com mais um livro “Mantimentos para a Sobrevivência”, editado pela Minerva Coimbra, em que há experiências e legítimas explicações psicológicas deste escritor que trabalha o romance, o conto, a crónica, o ensaio, e tem lugar relevante na pintura contemporânea, e que olvida os preconceitos morais para obter a verdade da criação.

António Menano que nasceu em Coimbra e viajou pelo mundo largo é um intelectual que não desaparece após dar à estampa mais um livro, fica a conceber ideias para a novelística ou noutras visões cósmicas que transformam em poesia numa casuística de delicadeza ou num irresistível hermetismo como ritual de amor que tem pela Cultura.

Autor de uma obra vasta o seu último livro tem ilustrações do autor a condizer numa atitude de generosidade e de ternura entre o poeta e o leitor como fosse uma joia palaciana.

É uma poesia com várias representações mentais ou o desequilíbrio do autor com o mundo cujo idealismo fica intacto!

Segue a crítica em momento breve!


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM