8 de Março de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Portugueses elegem domingo o seu Presidente

22 de Janeiro 2021

Os portugueses elegem domingo o Presidente da República. Apesar de se terem levantado várias questões sobre se se devia ou não manter o ato eleitoral na data prevista, devido ao contexto de pandemia e ao confinamento geral, os portugueses vão mesmo às urnas, sendo “chamados” a escolher”, pela 10.ª vez em democracia, desde 1976, o seu Presidente.

A campanha eleitoral começou no dia 10 e termina hoje, com o país a viver sob medidas restritivas devido à epidemia. Concorrem às eleições sete candidatos – Marisa Matias (apoiada pelo Bloco de Esquerda), Marcelo Rebelo de Sousa (PSD e CDS/PP – Presidente em funções), Tiago Mayan Gonçalves (Iniciativa Liberal), André Ventura (Chega), Vitorino Silva (mais conhecido por Tino de Rans), João Ferreira (PCP e PEV) e a militante do PS Ana Gomes (PAN e Livre).

Esta “corrida” a Belém surge com muitos condicionalismos e novidades, fruto da pandemia, com os municípios e as freguesias a prepararem ao pormenor o ato eleitoral, se forma a acautelar a saúde de todos.

Neste momento, muitos milhares de portugueses já exerceram o seu direito de voto. Os eleitores que se encontram em confinamento obrigatório tiveram possibilidade de votar antecipadamente, com os votos a serem recolhidos na residência ou no local onde se encontram confinados, num processo feito por uma pessoa credenciada, que teve que cumprir uma série de regras sanitárias.

A eleição presencial realiza-se domingo, com as urnas a funcionarem entre as 08h00 e as 19h00. As eleições presenciais são a exceção nas medidas restritivas impostas neste novo confinamento, com o Governo a permitir que as pessoas saiam de casa por este motivo e a autorizar a circulação entre concelhos dos eleitores que estejam recenseados fora do local da sua zona de residência.

Neste ato cívico, todos devem estar, contudo, sensibilizados para a realidade que se vive no país, com os contágios e número de mortes por covid-19 a assumirem proporções cada vez mais preocupantes e assustadoras, tendo ultrapassado esta semana as 220 vítimas mortais.

De salvaguardar, ainda, que os cidadãos que tenham o Cartão de Cidadão cuja validade tenha expirado a partir de 24 de fevereiro de 2020 podem votar na mesma, tanto em território nacional como no estrangeiro, com esse mesmo cartão, não sendo necessária a apresentação de qualquer outro documento de identificação, como assegurou o ministério da Justiça.

Câmara de Coimbra testa membros das mesas de voto

Para reforçar a segurança do ato eleitoral de domingo, a Câmara de Coimbra está a desencadear um rastreio covid-19 a todos os membros das mesas de voto que se encontram nomeados, bem como aos membros das Juntas de Freguesia e equipas municipais de apoio que se encontrem destacados para acompanhar o ato eleitoral.

De acordo com a autarquia, os testes são gratuitos, voluntários e realizados pela Cruz Vermelha Portuguesa durante a manhã de amanhã. Este processo, adianta o Município, está a ser preparado em coordenação com as Juntas de Freguesias do concelho e prevê rastrear cerca de 1.000 pessoas.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM