2 de Dezembro de 2020 | Coimbra
PUBLICIDADE

População de S. João do Campo já conta com o seu Centro de Saúde

23 de Outubro 2020

A população da Freguesia de S. João do Campo já dispõe, novamente, dos serviços da sua Extensão de Saúde, um polo da Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados do Centro de Saúde Fernão de Magalhães que estava encerrado desde o início da pandemia, em março.

A reabertura deste Centro de Saúde, que funciona num edifício da Junta, era uma das grandes ambições do presidente da Junta, Dinis Pereira, e da população. Em entrevista recente a “O Despertar”, o autarca assumia esta “luta” como prioritária, uma vez que esta era uma resposta que fazia muita falta aos habitantes, sobretudo à população mais idosa que tinha grandes dificuldades em deslocar-se ao Centro de Saúde da Fernão Magalhães.

Durante o encerramento, a Junta ajudou os utentes a resolver a questão das receitas, que eram enviadas diretamente para a sede ou para a farmácia que o utente escolhesse. Faltava, todavia, o tão necessário atendimento personalizado e o acompanhamento direto do médico assegurado na freguesia.

A Junta de Freguesia congratula-se agora com a tão desejada reabertura desta Extensão de Saúde, no dia 13, voltando assim a “prestar os seus serviços de saúde à população”. Na página do facebook da Junta, o presidente explica que “após todas as diligências que o executivo desenvolveu junto das demais autoridades de saúde, entre elas, a Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC), foi possível garantir as condições necessárias, materiais e humanas, para retomar a atividade deste espaço tão necessário à nossa população”.

O Centro está aberto a consultas presenciais às terças, das 8h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00, e às quartas, das 8h00 às 13h00. Os utentes podem entrar nas instalações após autorização de um dos elementos da equipa, estando a entrada condicionada pela capacidade da sala de espera, no atual contexto de pandemia. As consultas devem ser marcadas antecipadamente, por telefone ou e-mail, e o pedido de receitas deve ser feito preferencialmente por email ou, em alternativa, por pedido escrito no documento próprio para esse efeito.

As consultas de vigilância de saúde (saúde infantil, saúde materna, planeamento) e parte das consultas de saúde do adulto, programadas ou agudas, mantêm-se na sede do Centro de Saúde.

“Esta reabertura arrasta satisfação, mas também acrescidas responsabilidades aos serviços. Esta retoma da normalidade vem ajudar e apoiar quem tanto dos serviços precisa, ainda que essa normalidade seja agora muito programada por força da necessidade de segurança”, frisa o executivo.

“Ir ao Centro de Saúde agora será diferente do que era até há seis meses atrás. É imperioso que não se formem aglomerados de pessoas, pois isso pode representar um sério risco de saúde pública e, no limite, implicar um passo atrás no caminho que hoje nos encontramos a percorrer”, alerta ainda.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM