13 de Maio de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Piscinas de Celas e Campo da Arregaça vão ser requalificados

30 de Abril 2021

A Câmara Municipal de Coimbra aprovou, na reunião do Executivo de segunda feira, uma proposta de adjudicação da conceção de terrenos municipais para a reabilitação da Piscina Municipal de Celas e para a construção, concessão e exploração de um Centro Desportivo, com a contrapartida da reabilitação do Campo Municipal da Arregaça, à empresa Bom Pulso, Lda, vencedora do concurso público pelo valor de mais de 1,2 milhões de euros.

Com este projeto, a autarquia pretende “promover a requalificação, a edificação e modernização de infraestruturas desportivas, fortalecendo a rede de equipamentos do concelho, potenciando a proximidade com a comunidade e impulsionando, assim, o desenvolvimento e a qualidade da prática de atividade física regular” pela população.

A proposta de concessão, por um período único de 40 anos, de uma parcela de terreno e de um prédio urbano para a reabilitação da Piscina de Celas e construção, concessão e exploração do Centro Desportivo Integrado de Celas (que integra a piscina municipal), tendo como contrapartida a reabilitação do edificado do Campo Municipal da Arregaça, foi aprovada, em junho de 2020, pela Câmara e Assembleia Municipal. A autarquia avançou, depois, com a abertura do concurso público para a concretização dessa concessão e, decorrido o concurso, o júri propõe que essa seja adjudicada à empresa Bom Pulso Lda., pelo valor de 1.210.000 euros (acrescido de IVA à taxa legal em vigor).

O Centro Desportivo Integrado de Celas vai incluir dois prédios, um urbano, composto pela Piscina Municipal, e uma parcela de terreno contígua à Piscina, desanexada do prédio rústico designado por “Quinta das Albergarias”. A nova infraestrutura desportiva, que integrará a Piscina, surge assim da oportunidade de modernizar este equipamento municipal (fortemente danificado com a passagem da tempestade Leslie) e ampliar o espaço, passando a incluir áreas destinadas a outras modalidades desportivas.

A autarquia destaca o facto de este equipamento ficar localizado “numa zona de elevada densidade populacional, próximo de diversos estabelecimentos de ensino e de saúde, sendo essencial que o espaço seja dinamizado e se promova a prática de atividade física”. Realça que um dos principais objetivos deste projeto passa por garantir “o princípio de interesse público e da promoção dos direitos dos cidadãos, tornando-o acessível e inclusivo à comunidade”. Nesse sentido, prevê que sejam estabelecidas parcerias com escolas, associações, clubes e demais entidades do concelho de Coimbra, obrigações que estão previstas no caderno de encargos. “O objetivo é que o novo equipamento seja destinado a atletas, desportistas e comunidade em geral, promovendo a inclusão de todos os utilizadores”, realça o Município.

O novo Centro Desportivo irá proporcionar o desenvolvimento de várias atividades físicas e desportivas, estando previstos vários espaços, como uma piscina, sauna, banho turco, jacúzi, squash ou outro, balneários, instalações de apoio e salas de escalada, de aulas para grupos, de exercício e musculação, polivalente de apoio e primeiros socorros. A infraestrutura ficará disponível para todos os utilizadores, estando prevista a acessibilidade a pessoas com mobilidade condicionada e o recurso a sinaléticas com sistema de comunicação específicos como o braille e ColorADD. O projeto garante áreas de estacionamento compatíveis com a utilização prevista, tendo em conta o número previsível de utilizadores e os postos de trabalho a criar.

Como contrapartida desta concessão e exploração, vai ser requalificado o edificado do Campo Municipal da Arregaça. O estudo prévio do projeto de arquitetura elaborado pelos serviços municipais define que este equipamento vai passar a dispor de um novo edifício de apoio à prática desportiva, que substituirá as instalações de apoio existentes. Prevê, assim, a criação de um novo imóvel, com dois pisos, que irá albergar várias valências, nomeadamente balneários para atletas e árbitros, sala de primeiros socorros, de reuniões e de Direção, um ginásio para a prática de ginástica artística, instalações sanitárias públicas e um equipamento de restauração no rés-do-chão, articulado com uma praça a criar a poente do edifício. O projeto a apresentar pelo concorrente manterá o campo de futebol e a bancada, com cerca de 450 lugares, substituindo as instalações de apoio existentes por um novo edifício que vai albergar várias valências desportivas.

A autarquia adianta que fica ainda previsto que a envolvente do Campo Municipal da Arregaça venha a apresentar, de futuro, melhores condições para circulação pedonal e de bicicleta sem, contudo, eliminar as vias destinadas a veículos motorizados.

A proposta foi aprovado com os votos a favor dos cinco eleitos pelo PS, com as abstenções dos três eleitos pelo PSD e com os votos contra do eleito pela CDU e dos dois eleitos pelo Somos Coimbra.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM