4 de Março de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Obras condicionam trânsito na Calçada Santa Isabel e Rua Figueira da Foz

20 de Novembro 2020

A Câmara de Coimbra está a requalificar a Calçada de Santa Isabel e a Rua da Figueira da Foz. Estas intervenções visam melhorar a mobilidade pedonal na cidade, provocando, contudo, condicionalismos de trânsito durante a realização dos trabalhos.

No caso da intervenção na Calçada de Santa Isabel, a autarquia explica que obriga a condicionamentos e cortes de trânsito pedonal e rodoviário, que se vão prolongar até 20 de abril de 2021. Os cortes e condicionamentos foram planeados tendo em conta as seis fases definidas para a execução da obra, que pressupõe a requalificação integral da Calçada, com intervenções ao nível de todas as infraestruturas. A autarquia implementa um plano de sinalização temporário, com o objetivo de identificar as zonas de intervenção, bem como as alterações à normal circulação do trânsito e de forma a sensibilizar e alertar os transeuntes e automobilistas.

Neste momento está em curso a segunda fase, que obriga ao corte da faixa de rodagem no troço da calçada que vai desde o acesso ao Mosteiro de Santa Clara-a-Nova até junto do Convento São Francisco. A previsão é que a faixa de rodagem fique mesmo cortada até ao final da terceira fase da empreitada, isto é, até 30 de janeiro de 2021, sendo apenas permitida a circulação pedonal num corredor próprio para esse fim.

Já a requalificação dos passeios na Rua Figueira da Foz, prevista na obra de requalificação do separador central do troço norte da Avenida Fernão de Magalhães até à Casa do Sal, arrancou na segunda feira e tem um prazo de execução previsto de 45 dias. Obriga à vedação da zona de trabalhos e origina condicionamentos de trânsito no local, sendo implementado um plano de sinalização temporário.

A ausência de passeio em alguns pontos da Rua Figueira da Foz vai ser colmatada com o alargamento do passeio que existe no lado direito, sentido ascendente, de forma a aumentar a segurança dos peões. Já na confluência com a Casa do Sal, no sentido descendente, será alargada a faixa da direita, que dá acesso à Estrada de Coselhas. Por último, na Estrada de Coselhas, o passeio que dá continuidade aos passeios da Avenida Fernão de Magalhães e Rua Figueira da Foz será reformulado e melhorado. Serão, ainda, colocadas árvores e respetivas caldeiras, do lado nascente, criando uma imagem mais urbana daquele local.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM