6 de Maio de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Nova ponte pedonal vai ligar jardins da Casa do Sal ao Monte Formoso

26 de Fevereiro 2021

Uma nova ponte pedonal e ciclável vai ligar os jardins da Casa do Sal à Urbanização do Monte Formoso, interligando assim a União de Freguesias (UF) de Coimbra e a UF de Eiras e S. Paulo de Frades. Este projeto vai aproximar a população da rede de ciclovias e da Mata Nacional do Choupal, ao mesmo tempo que contribui para aliviar o fluxo de trânsito naquela área da cidade.

O estudo prévio para a construção da nova ponte foi aprovado na reunião do executivo de segunda feira e, de acordo com a informação da Câmara de Coimbra, o projeto tem um investimento previsto de um milhão de euros.

A autarquia vai construir, assim, dois novos acessos ao Monte Formoso, um automóvel e este pedonal e ciclável. A nova ponte vai surgir sobre a Circular Externa e vai permitir a aproximação da população residente ou que trabalha no Monte Formoso aos jardins da Casa do Sal. Trata-se, como realça o Município, de um projeto que “vai interligar a UF de Coimbra e a UF de Eiras e São Paulo de Frades e, desta forma, melhorar e encurtar a ligação do Monte Formoso com o centro da cidade, mas também com a rede de ciclovias e a Mata Nacional de Choupal, na Avenida Cidade Aeminium”.

O desenho de implantação desta passagem superior teve em consideração diversos fatores, desde logo que a localização da ponte nos jardins da Casa do Sal venha proporcionar também um novo percurso pedonal neste espaço verde. A configuração da ponte e as suas inflexões tiveram em conta a articulação com o coberto arbóreo e as linhas de água existentes nos jardins, possibilitando a aproximação e permitindo a contemplação da paisagem.

Este projeto vai possibilitar, assim, o atravessamento em segurança da Circular Externa, evitando que os peões tenham de se deslocar aos semáforos existentes no nó da Casa do Sal, onde existe uma sobrecarga de faixas de rodagem. Vai viabilizar também o acesso à ala nascente dos jardins da Casa do Sal, através de uma ponte de menor dimensão sobre a ribeira e, mais à frente, através de uma escada que ligará à ponte principal.

A nova ponte será de metal, pela sua eficácia em termos de resistência, durabilidade e dimensão reduzida nos perfis utilizados nas suas diversas componentes, tendo também em vista o enquadramento na zona envolvente. O pavimento será executado em chapa, com pintura antiderrapante, e será depois dada continuidade ao pavimento pedonal aplicado recentemente junto ao nó da Casa do Sal. As guardas da ponte serão em tom amarelo à semelhança da Ponte de Santa Clara. Já a iluminação será de tecnologia Led, em postes metálicos a ladear a ponte, com continuidade nos jardins.

O início desta passagem superior será sensivelmente a meio da nova via automóvel que a autarquia já tem projetada, que vai ter ligação entre as ruas de Santiago de Compostela e da Cidade de Poitiers.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM