16 de Junho de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Município de Soure monitoriza Rio Anços

28 de Maio 2021

O Município de Soure está a implementar o programa de monitorização das águas balneares do Rio Anços, uma ferramenta que considera “imprescindível para uma boa gestão da qualidade das águas balneares, bem como da informação que é disponibilizada ao público, que se traduz na garantia e preservação da saúde pública”.

A autarquia recorda que, nas últimas décadas, os padrões de utilização das águas balneares mudaram e os conhecimentos científicos e técnicos evoluíram, pelo que se tornou necessário repensar procedimentos ao nível da monitorização, classificação e gestão da qualidade das águas balneares bem como da informação que é disponibilizada ao público.

O regime de identificação, gestão, monitorização e classificação da qualidade das águas balneares é regulado pelo Decreto-Lei n.º 135/2009 de 3 de junho alterado pelo Decreto-Lei n.º 113/2012 de 23 de maio, cujos parâmetros microbiológicos habitualmente utilizados para avaliação/monitorização da qualidade da água balneares são Escherichia coli em ufc/100m e Enterococos intestinais em ufc/100ml.

No entanto, para permitir uma classificação realista da qualidade das águas balneares são necessárias a observação e a avaliação da monitorização efetuada durante um período prolongado de tempo.

Para obter essa classificação das águas do Rio Anços como águas balneares, o Município de Soure, com o apoio da Administração da Região Hidrográfica do Centro, realizou um cronograma, onde se incluem mais alguns parâmetros a monitorizar, nomeadamente fitoplâncton, clorofila a, pH, turvação, temperatura, oxigénio dissolvido, azoto e fósforo.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM