8 de Maio de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

ISEC vai formar quadros para gerir e prevenir catástrofes

9 de Abril 2021

O Instituto Superior de Engenharia de Coimbra (ISEC) lança o primeiro curso de “Direção da Proteção Civil Municipal” em Portugal, formação que visa dotar autarcas e demais decisores políticos com responsabilidades no âmbito da Proteção Civil de conhecimentos que lhes permitam gerir e prevenir situações de catástrofes que ocorram nos seus municípios.

Segundo o ISEC, esta formação terá uma duração de seis meses e arranca já no próximo mês de maio, em regime pós-laboral, em formato online e com algumas aulas de caráter mais prático em regime presencial. As aulas serão lecionadas pelos professores do ISEC, em conjunto com especialistas da área. A formação irá permitir analisar os sistemas de Proteção Civil nacional e municipal. Serão também desenvolvidas competências de sensibilização e informação pública, assim como de planeamento de riscos e emergências. Os formandos ficarão também a conhecer o Sistema Integrado de Emergência Médica e irão treinar exercícios de coordenação institucional municipal da proteção civil.

“Os autarcas locais são os primeiros responsáveis pela Proteção Civil em cada concelho e, por isso, precisam de ser devidamente formados para conseguirem gerir o seu território em circunstâncias difíceis”, afirma Mário Velindro, presidente do ISEC. “Só assim estarão preparados para responder, de forma rigorosa e eficiente, aos riscos tecnológicos e naturais a que as cidades, vilas e povoações mais pequenas estão sujeitas – como incêndios, sismos, cheias ou acidentes químicos e radiológicos”, acrescenta.

Esta pós-graduação, pioneira no país, é desenvolvida em parceria com a Fénix – Associação Nacional de Bombeiros e Agentes de Proteção Civil e vem dar resposta à “Estratégia Nacional para uma Proteção Civil Preventiva”.

“O sistema de proteção civil está, cada vez mais, sustentado no poder autárquico, dada a proximidade das câmaras municipais e das juntas de freguesia aos cidadãos, bem como o seu conhecimento sobre as vulnerabilidades das áreas territoriais que tutelam”, afirma Carlos Silva, presidente da Fénix. “Este curso irá capacitar os decisores políticos locais, diretores municipais e outras entidades ligadas aos serviços municipais de proteção civil para a monitorização e gestão de riscos e catástrofes, permitindo a melhoria dos níveis de coordenação operacional”, conclui.

Coimbra vai formar coordenadores municipais

Para além da pós-graduação, o ISEC está também a lançar – igualmente em parceria com a Fénix – o “Curso de Formação Profissional de Coordenador Municipal de Proteção Civil”. Sendo uma formação obrigatória para os atuais e futuros coordenadores municipais de Proteção Civil, este curso serve ainda aos técnicos municipais de Proteção Civil e das unidades locais de Proteção Civil, entre outros agentes. Terá também a duração de seis meses, irá arrancar em maio em regime pós-laboral e será lecionado em formato online e presencial.

“Este curso irá focar-se, essencialmente, na vertente da atividade da Proteção Civil municipal, com destaque para as ações de planeamento e de prevenção, de elaboração de planos municipais de emergência, planos prévios de intervenção e de apoio à gestão de emergências de proteção civil”, explica Carlos Silva.

Os coordenadores e técnicos de proteção civil da região Centro passarão assim a poder receber em Coimbra uma oferta formativa – certificada pelo Sistema de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa – que, até agora, só estava acessível no Porto, em Aveiro e em Lisboa.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM