6 de Abril de 2020 | Coimbra
PUBLICIDADE

Funeral de João Ataíde é amanhã da capela da Universidade de Coimbra

21 de Fevereiro 2020

O corpo de João Ataíde fica em câmara-ardente na capela da Universidade de Coimbra, a partir das 18h00 de hoje (21 de fevereiro), saindo o funeral após a missa de corpo presente, às 12h00 de amanhã, para o Complexo Funerário da Figueira da Foz.

O presidente da distrital do PS de Coimbra, Pedro Coimbra, manifestou, hoje, “profunda consternação e estupefacção” pela morte do ex-autarca, antigo secretário de Estado do Ambiente e deputado socialista João Ataíde.

“Foi com profunda consternação e estupefacção que soube da morte de João Ataíde, tanto mais que ainda ontem [quinta-feira] viajei, de carro com ele de Lisboa e deixei-o, à noite, na sua casa, em Coimbra” (onde veio a falecer na madrugada de hoje), disse à agência Lusa o líder da Federação Distrital socialista de Coimbra, Pedro Coimbra.

“Nada fazia prever isto”, lamentou Pedro Coimbra, destacando e reconhecendo o percurso que João Ataíde das Neves “teve como presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz e da Comunidade Intermunicipal (CIM) Região de Coimbra, no Governo e na Assembleia da República”.

A morte de João Ataíde deixa também “profunda consternação” entre os deputados socialistas “e, com certeza, em muitos outros” também, disse Pedro Coimbra, endereçando “as mais sentidas condolências à esposa, filhos e toda a família”.

A Concelhia de Coimbra do PS também já afirmou o seu “enorme pesar pela perda de uma referência da cidade e da região”.

“Como socialistas fica o sentimento de desgosto de a vida não ter deixado o João Ataíde continuar o intenso trabalho político de excelência que dedicou à causa pública”, afirma aquela estrutura socialista, liderada por Carlos Cidade, numa nota publicada no Facebook.

“O João tinha muito mais para dar ao PS e ao país”, afirma ainda o PS/Coimbra, enaltecendo “um amigo, um homem que defendia as causas com uma visão e disposição única”.

O Partido Socialista da Figueira da Foz também expressou, naquele rede social, o seu “pesar pelo falecimento de um grande autarca, João Ataíde, um humanista que dedicou a sua vida ao serviço público”.

O seu contributo “será relembrado sempre na história, a Figueira e o País perdeu um dos seus melhores”, acrescenta a concelhia do PS naquela cidade.

Manuel Machado lamenta perda

O presidente da Associação de Municípios, Manuel Machado, afirmou-se, hoje, chocado com a morte do deputado do PS e ex-secretário de Estado do Ambiente João Ataíde, “um distinto servidor da causa pública”.

João Ataíde das Neves foi, “ao longo dos tempos, um distinto servidor da causa pública, como profissional, enquanto juiz, e como presidente da Câmara da Figueira da Foz e da Comunidade Intermunicipal (CIM) Região de Coimbra, como secretário de Estado e como deputado”, disse à agência Lusa Manuel Machado.

O presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) e da Câmara Municipal de Coimbra destaca, ainda, “o modo como [João Ataíde] se dedicou às causas de Coimbra e da região”.

A construção da ciclovia do Mondego, ligando Coimbra a Montemor-o-Velho e à Figueira da Foz, projecto pelo qual João Ataíde tanto se bateu, “é uma das boas formas de se lhe prestar homenagem”, sustentou Manuel Machado.

Mas a morte do deputado, antigo governante e ex-autarca representou, para Manuel Machado, “antes de mais, a perda de um amigo”, sublinha o presidente da ANMP e da Câmara de Coimbra, que não esquece “a forma amável e atenciosa” como João Ataíde “defendia e pugnava pela tolerância”.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM