16 de Setembro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Fundação ADFP: visitas a idosos e doentes começam na próxima semana

16 de Maio 2020

Os idosos e doentes que se encontram nos Equipamentos Residenciais para Idosos (ERPI’s) e nas Unidades de Cuidados Continuados da Fundação ADFP (Associação Desenvolvimento e Formação Profissional) vão poder receber visitas a partir da próxima semana.

As visitas começam segunda feira (18 de maio) na Residência Gratidão e na quarta e quinta nas residências Sabedoria e Cristo Redentor.

As residências Sabedoria, Gratidão e Cristo Redentor, em Miranda do Corvo e Senhor da Serra (Semide), contam com quase 220 residentes, tendo enfrentado esta primeira fase de combate à pandemia sem nenhum doente Covid. Incluindo outras residências para pessoas com necessidades especiais, com deficiência e doenças mentais, a Fundação tem mais de 400 residentes e cerca de 210 colaboradores em contacto direto na prestação de cuidados a pessoas vulneráveis.

A Fundação “agradece a todas as equipas de colaboradores o esforço que têm feito para cumprir regras de segurança, prevenindo contágios”, considerando que “teve muita sorte”, uma vez que “muitas outras instituições que trabalharam com igual rigor e dedicação tiveram o azar de enfrentar a Covid dentro de portas”.

A Fundação está consciente que esta situação de pandemia se deve prolongar até 2021 pelo que urge pensar em medidas de longo prazo, considerando, como refere em nota divulgada, “totalmente desaconselhável manter pessoas em isolamento prolongado”.

O Governo acaba de autorizar novamente as visitas, com regras, aos residentes ou doentes destes equipamentos e a Fundação vai seguir todas as normas de segurança indicadas pelo Governo e DGS, sabendo que há riscos. Explica, nesse sentido, que os familiares devem contactar as residências para agendar data e hora para as visitas, uma vez que, nesta fase, cada residente só pode ser visitado por um familiar ou amigo. Sempre que possível, as visitas serão realizadas no exterior, de forma a reduzir as possibilidades de contágio.

A Fundação considera que o regresso das visitas é muito benéfico para os utentes, que não devem ser privados do “carinho e afeto” dos familiares e amigos.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM