21 de Outubro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Feira do Bairro Norton de Matos reabre a 6 de junho

25 de Maio 2020

A Câmara Municipal (CM) de Coimbra está a preparar a reabertura da Feira do Bairro Norton de Matos para 6 de junho. Para garantir a segurança de vendedores, clientes e comunidade na retoma desta atividade económica, a autarquia vai proceder à delimitação dos lugares de venda e criar circuitos de deslocação unidirecional.

Antes disso, durante esta semana, os vendedores devem proceder ao recenseamento simplificado nos serviços municipais, sendo depois realizada a atribuição dos espaços por consenso e em consideração da ocupação habitual. Para tal, a Câmara criou um procedimento simplificado extraordinário, que passa pelo preenchimento de um requerimento adaptado especificamente à feira, que inclui uma cópia da planta do recinto, para que os vendedores indiquem o local onde habitualmente se instalam. Esse recenseamento deverá ser efetuado nos serviços de atendimento do Município, entre hoje e sexta feira (25 e 29 de maio), das 08h00 às 20h00, existindo um atendimento dedicado exclusivamente para esta temática. Por isso, ao contrário do que atualmente é exigido, não será necessário agendamento prévio para esta questão. Nessa altura, os vendedores receberão também a documentação informativa referente às regras de segurança a implementar na feira, em linha com as medidas definidas pela Direção Geral de Saúde (DGS).

Na véspera da reabertura, no local da feira, será realizada uma ação de sensibilização junto dos vendedores para implementação do plano de contingência adotado.

A Câmara de Coimbra vai ainda isentar os comerciantes e vendedores da Feira do Bairro Norton de Matos de taxas municipais, continuando, assim, com as medidas que tem vindo a seguir em matéria de isenção de taxas de ocupação do espaço público, para ajudar a colmatar os impactos da pandemia de Covid-19 na economia local e, neste caso particular, na vida dos comerciantes e vendedores que exercem a sua atividade naquela feira. A autarquia procura, assim, ajudar este tipo de comércio não sedentário que, pelas suas caraterísticas de funcionamento, ainda demorou mais tempo a ter condições para retomar a atividade e que obriga a uma exigente e responsável adoção de procedimentos para que seja assegurada que a epidemia não se propague. A proposta já foi aprovada pelo presidente da autarquia de Coimbra, Manuel Machado, e vai ser ratificada na reunião do executivo municipal de hoje.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM