8 de Maio de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Desertificação do Interior preocupa CIM Região de Coimbra

12 de Abril 2019

A Comunidade Intermunicipal Região de Coimbra (CIM RC) está a estudar algumas medidas que possam ajudar a combater a desertificação do Interior, tendo participado, na semana passada, numa sessão com a Região Auvergne-Rhône-Alpes que se constitui um exemplo na promoção de medidas demográficas com resultados visíveis.

Com esta visita, a CIM RC procurou ver, localmente, os resultados das medidas e políticas aplicadas que reverteram o declínio populacional nas áreas periféricas do território de Auvergne-Rhône-Alpes. De acordo com nota divulgada, o vice-presidente da Região para os assuntos internacionais, Philippe Meunier, recebeu a CIM Região de Coimbra, apresentou a política de planeamento regional e os dispositivos promovidos pela Região (pela Direction de l’Aménagement du Territoire et de la Montagne). Na ocasião foram ainda apresentadas as questões demográficas na Região de Auvergne-Rhône-Alpes pelo Institut National de la Statistique et des Études Économiques (INSEE) e relatadas experiências pelo Pólo Metropolitano dos Genevois Français e o Departamento de Cantal.

“Viemos conhecer e comprovar que as estratégias e dinâmicas de ação desta região francesa no combate à desertificação e ao crescimento demográfico sustentável têm resultados visíveis na demografia regional, na qualidade de vida e na fixação da população. Em conjunto com as entidades francesas, os presidentes de Câmara da Região de Coimbra [acompanhados pelo secretário executivo intermunicipal] analisaram com os congéneres franceses as políticas e dinâmicas territoriais de Auvergne-Rhône-Alpes, com o foco no desenvolvimento dos nossos territórios”, explicou Jorge Brito, secretário executivo da CIM RC, no final da sessão.

Para combater a desertificação na região de Auvergne-Rhône-Alpes foi elaborado um “programa de atração de novos residentes, que convida as pessoas a criarem negócios no território e a realizarem três dias de experiências locais onde realizam reuniões com empresários, eleitos, entidades de financiamento, entre outros, por forma a viabilizar as suas ideias”, realçou Jorge Brito, alertando ainda para o facto de que esta foi uma das medidas pelas quais a Região de Coimbra mais se interessou.

Recorde-se que a CIM RC integra territórios do Interior em cerca de 60 por cento dos seus municípios, sendo que alguns sofrem uma perda de cerca de 30 por cento de população. Esta visita a Auvergne-Rhône-Alpes foi acompanhada pelos secretários de Estado da Valorização do Interior, João Catarino, e das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM