20 de Outubro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Coimbra relança Ecovia para tirar trânsito do centro da cidade

13 de Novembro 2020

A Ecovia vai regressar à cidade de Coimbra. A Câmara relança este serviço de transporte público, um sistema de “park & ride” que pretende tirar o trânsito do centro da cidade, disponibilizando para tal autocarros 100 por cento elétricos e parques de estacionamento periféricos, que se vão localizar nas principais vias de acesso à cidade.

A autarquia pretende, desta forma, retomar o projeto inovador que foi lançado na cidade na década de 90, pelo atual presidente, Manuel Machado, e que foi depois abandonado. Trata-se, como explica o Município, de um “sistema acessível e ecológico que irá poupar a cidade à entrada de milhares de automóveis por dia e à emissão de toneladas de gases carbónicos para a atmosfera”.

O executivo aprovou, na reunião de segunda feira, a localização dos seis parques de estacionamento periféricos que viabilizam este projeto e que ficarão posicionados nas principais vias de acesso à cidade, de forma a abranger a maioria dos movimentos pendulares, designadamente o subterrâneo na Praça Heróis do Ultramar; no Vale das Flores, junto à Oficina Municipal de Teatro; na margem direita do Parque Verde do Mondego – Ínsua dos Bentos; na ponta norte das avenidas de Conímbriga e Guarda Inglesa; na Casa do Sal; e no Choupal, junto à N111-1. De acordo com a autarquia, cada um destes locais tem diferentes estados de preparação, pelo que poderão entrar em funcionamento de forma desfasada. Os três que estão prontos a utilizar – Praça Heróis do Ultramar, Vale das Flores e Ínsua dos Bentos – disponibilizam mais de 1.100 lugares de estacionamento.

Tal como no passado, os automobilistas vão poder estacionar as suas viaturas nestes parques, sendo depois transportadas por estes autocarros 100 cento elétricos, que terão vários destinos dentro da cidade.

Manuel Machado anunciou que conta inaugurar ainda este ano o primeiro parque e oito miniautocarros elétricos que a Câmara comprou por 2,8 milhões, esperando que a pandemia da Covid-19 não atrase a entrega que está prevista para breve.

“Depois de ajustarmos os terrenos ou espaços disponíveis para os automóveis, temos de atrair as pessoas a deixarem o carro e usufruir de uma deslocação cómoda, confortável e com fiabilidade horária para se deslocarem para a sua vida na cidade”, disse o autarca no final da reunião camarária. Adiantou também que este projeto pode ser ampliado, caso se justifique. “Se a resposta for boa estamos em condições de ampliar o sistema”, assegurou.

A proposta para criação dos parques de estacionamento para relançar a Ecovia foi aprovada na reunião do executivo, com duas abstenções do PSD, partido que, no final de 2006, quando governava o Município em coligação com o CDS-PP e o PPM, acabou com aquele sistema de transporte, alegando insustentabilidade económica.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM