24 de Outubro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Cernache: Museu Moinho das Lapas comemorou 13 anos

17 de Setembro 2021

O Museu Moinho das Lapas completou, na segunda feira, 13 anos. A modesta habitação de um moleiro de Cernache, freguesia onde esta atividade teve grande tradição, foi transformada num espaço museológio que, ao longo de todos estes anos, tem vindo a promover e a perpetuar as memórias, vivências, histórias e artefactos associados aos moleiros e ao seu trabalho.

O Museu abriu portas a 13 de setembro de 2008 e, 13 anos depois, continua com o mesmo dinamismo, conciliando cultura e tradição num espaço que está aberto a visitas e que tem recebido visitantes, sobretudo estudantes, de todo o país. Durante este período, com a exceção dos dois últimos anos, devido à pandemia, tem tido uma atividade cultural intensa.

O Museu, que resultou da transformação de uma “humilde habitação” de um moleiro, era muito desejado pela população de freguesia que, com este espaço cultural, homenageou, de forma singela, não só a atividade que garantiu o sustento de tantos lares mas também todas as pessoas que a ela se lhe dedicaram.

Aberto a visitas guiadas, mediante marcação, o Museu dá a conhecer o ciclo do pão e da água e a agricultura, os diferentes sistemas de moagem e a sua evolução e a história dos moinhos e dos moleiros. Encontram-se no espaço três moinhos que, durante as visitas, mostram como é que os cereais eram moídos e transformados em farinha. Para além de poderem assistir ao vivo a esse processo, os visitantes podem também percorrer a casa, com a cozinha tradicional da época e o quarto do moleiro, e apreciar a exposição permanente que retrata o dia a dia dos moleiros. No final, podem também levar uma recordação do museu e mesmo um saco de farinha moída por eles próprios.

Trata-se, no fundo, como explica o responsável pelo Museu e autor do livro “Cernache, os Moinhos, sua História, sua Gente”, Marco Cruz, de um espaço de “grande importância turística, didática, histórica, cultural, social, patrimonial, pedagógica e educativa”, que tem conquistado pessoas de todas as idades mas que tem atraído também turistas e muitas crianças e jovens, em visitas de estudo interativas e dinâmicas que lhes dão a conhecer melhor o mundo rural.

Para Marco Cruz, a criação do Museu Moinho da Lapa honra os pergaminhos históricos de Cernache, bem como a identidade e raízes das suas gentes, ao divulgar e manter vivas as vivências e tradições dos moinhos e dos moleiros que, durante séculos, “marcaram, de forma indelével, a vida desta comunidade”, tendo assumido um papel determinante no abastecimento de farinha à cidade de Coimbra e zonas limítrofes.

Para além desta vertente histórica e também pedagógica e lúdica, o Museu conta ainda com um Centro Cívico, onde acolhe outros eventos culturais, como concertos musicais, exposições, conferências, ateliês, ciclos de cinema, lançamento de livros, entre outros. De referir ainda que a criação deste equipamento veio dar um maior impulso à zona onde se insere, na área envolvente da Junta de Freguesia, onde entretanto foram sendo criados também outros equipamentos que se encontram ao usufruto da comunidade, como o Parque Infantil e Geriátrico e o Bar das Lapas. De recordar que é também nessa zona que se realizam eventos diversos, como a emblemática Expo-Cernache, a Feira das Velharias e outras iniciativas culturais.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM