22 de Fevereiro de 2020 | Coimbra
PUBLICIDADE

Ceira promove socialização através do artesanato

24 de Janeiro 2020

A Freguesia de Ceira está a promover mais uma edição dos Cursos Sócio-Culturais, uma iniciativa pioneira que lançou há já alguns anos e que envolve cerca de uma centena de participantes nos sete cursos que decorrem nas várias localidades.

A Junta de Freguesia acolhe os cursos de Bordados e Tecelagem de Almalaguês, à segunda e terça feira, respetivamente, às 21h00. Às quartas feiras decorrem os cursos de Costura Criativa/Artes Manuais, no Centro Cultural Desportivo de Lagoas; o curso de Artes Decorativas/Bordados, no Centro Cultural Desportivo e Social de São Frutuoso; e o curso de Reutilização de Materiais, no Centro Popular de Trabalhadores do Sobral de Ceira. No mesmo espaço decorre ainda, à terça feira, o curso de Pintura. Este calendário semanal encerra à quinta, com o curso de Artes Decorativas/Pirogravura, no Centro de Convívio do Carvalho. Todas as formações decorrem a partir das 21h00.

A edição deste ano arrancou na semana passada e os cursos estão já a funcionar em pleno. De acordo com o presidente da Junta de Freguesia de Ceira, Fernando Santos, devem envolver cerca de 100 formandos, das várias localidades de Ceira, à semelhança do que tem acontecido nos últimos anos. Segundo o autarca, há cursos que chegam aos 30 formandos mas há outros com menos participantes, como sucede com a Tecelagem de Almalaguês, devido às exigências que tem em termos de logística. “Este é um curso mais complexo, porque trabalha com teares e só pode trabalhar uma pessoa de cada vez. Só temos quatro teares o que obriga a algumas limitações”, explica.

Fernando Santos lembra que estas formações surgiram há já alguns anos com o intuito de “promover a arte, o artesanato e o convívio”. Recorda que, quando foi lançada, esta era “uma iniciativa inédita no concelho de Coimbra” que tem vindo a “ser preservada e melhorada pela Junta de Freguesia”, já que se trata de “uma importante ferramenta social que promove a socialização e contribui para que as pessoas saiam de casa, aprendam artes novas, partilhem vivências e convivam”.

Os cursos vão funcionar até final de maio, de forma a que os trabalhos estejam prontos para a Ceirarte, certame que conta já com perto de três décadas de história e que se assume como o grande momento festivo dos ceirenses. Este evento dá sempre especial destaque aos artistas de Ceira que frequentam estes cursos sócio-culturais, que contam com um espaço expositivo onde apresentam os trabalhos que executaram nas várias formações.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM