13 de Maio de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Carreiras dos SMTUC chegam à zona norte no próximo mês

12 de Março 2021

A Freguesia de Brasfemes e a União de Freguesias (UF) de Souselas e Botão congratulam-se com o anúncio do alargamento da rede dos Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC) à zona norte já no próximo mês. Lembram que esta era uma das grandes ambições da população e também dos executivos, uma vez que uma boa rede de transportes públicos é fundamental para o dinamismo e crescimento das freguesias.

As carreiras dos SMTUC vão começar a circular na Freguesia de Brasfemes e na União de Freguesias (UF) de Souselas e Botão já no próximo mês, para grande satisfação das populações que há tanto reivindicam por este serviço.

O prolongamento da rede dos SMTUC à zona norte do concelho era uma ambição antiga dos autarcas e dos moradores desta zona da cidade. João Paulo Marques, presidente da Junta de Brasfemes, considera que, nesta primeira fase, a “freguesia vai ficar com um bom serviço”, apesar de defender que, posteriormente, é importante “o alargamento até ao topo do concelho, nomeadamente até à Mata do Maxial via Bostelim”.

O presidente está satisfeito com “o número de horários”, bem como com o facto de poder ser feito o transbordo na Ponte de Eiras, o que representa poupança para os utilizadores, tanto em termos económicos como de tempo. Realça o benefício que os transportes municipais terão para a população, nomeadamente para os jovens estudantes mas também para os mais idosos, sobretudo nas deslocações para o Centro de Saúde de Eiras. “É um passo muito importante para o desenvolvimento da nossa freguesia e para a qualidade de vida e conforto da nossa população”, sublinha.

O presidente da UF de Souselas e Botão, Rui Soares, congratula-se também com o anúncio deste alargamento da rede, “depois de largos meses de contestação da população”.

“Mais de um ano depois (dezembro de 2019) de os SMTUC terem chegado à zona sul, a Câmara Municipal de Coimbra finalmente entendeu as carências da população da zona norte, tantas vezes reclamadas pela UF de Souselas e Botão e pelos seus fregueses”, realça.

Rui Soares considera que com a introdução das novas linhas previstas a “freguesia vai ficar com uma rede de transportes públicos muito boa, o que é fundamental para o seu desenvolvimento futuro, já que é um fator muito importante para atrair as pessoas e para impulsionar a reabilitação das habitações e dinamizar o arrendamento”.

O autarca entende que a freguesia vai ficar com uma boa cobertura, apesar de poderem vir a ser necessários alguns ajustes, de forma a que todas as localidades fiquem servidas, realçando que não podem ficar de fora Santa Luzia e Lagares.

De acordo com a Câmara de Coimbra, vão ser criadas cinco novas linhas, que vão beneficiar mais de 20 mil habitantes, proporcionando-lhes uma maior oferta de transportes públicos, maior fiabilidade e qualidade dos transportes e, ainda, acesso às tarifas sociais praticadas pela autarquia, portanto economicamente mais vantajosas para os utilizadores. Paralelamente, a rede vai ser também reforçada nas UF de Eiras e S. Paulo de Frades e na de Trouxemil e Torre de Vilela.

As novas linhas

A população de Brasfemes vai passar a contar com a nova Linha n.º 53 (Ponte de Eiras/Brasfemes), que vai servir também a localidade de Vilarinho. O novo serviço vai garantir uma oferta de 26 viagens aos dias úteis, 12 ao sábado e quatro ao domingo e feriados, verificando-se um reforço da oferta de transporte público para a extensão de saúde de Eiras.

Na UF de Souselas e Botão, as localidades de Souselas, Marmeleira, S. Martinho do Pinheiro, Cioga do Monte e Zouparria do Monte vão ser servidas pela Linha n.º 50 (Manutenção/Sargento Mor – via Trouxemil), nova linha que terá a variante 50M (Manutenção/Sargento-Mor – via Trouxemil e regresso por Marmeleira); pela Linha n.º 50T – Manutenção/Sargento-Mor (via Souselas), que terá a variante 50S (Manutenção/Sargento-Mor – via Souselas e Marmeleira); e pela Linha n.º 51 (Manutenção – Marmeleira – via Souselas).

Com a entrada em funcionamento destas novas linhas no próximo mês, as localidades de Marmeleira e S. Martinho do Pinheiro terão um reforço do serviço de transporte público de 20 viagens nos dias úteis, 10 ao sábado e quatro ao domingo e feriados, enquanto que Souselas e Zouparria do Monte passarão a ter 54 viagens aos dias úteis, 32 ao sábado e 17 ao domingo e feriados.

Já para servir as povoações de Outeiro do Botão, Botão, Larçã, Mata de S. Pedro, Paço, Póvoa do Loureiro e Paúl a autarquia vai criar a Linha n.º 52 (Pedrulha/Póvoa do Loureiro – via Mata de S. Pedro), com as variantes 52M (Pedrulha/Mata de S. Pedro), 52P (Pedrulha/Póvoa do Loureiro) e 52T (Pedrulha/Mata de S. Pedro – via Botão). As localidades de Souselas, Outeiro do Botão (Cruzamento), Botão (Cruzamento) e Larçã terão, assim, uma oferta de transporte público de 34 viagens aos dias úteis, 14 ao sábado e quatro ao domingo e feriados. Já as localidades de Botão e Mata de S. Pedro contarão com 13 viagens nos dias úteis, seis aos sábados e duas ao domingo e feriados. As localidades de Outeiro do Botão, Paço, Póvoa do Loureiro e Paúl vão dispor de 12 viagens nos dias úteis, seis aos sábados e duas ao domingo e feriados.

Todas estas novas linhas terão como destino os interfaces da Ponte de Eiras e da Pedrulha, que a autarquia prevê criar e a partir dos quais existirão diversas ligações para vários destinos da cidade. O interface da Pedrulha (Centro de Formação Profissional), que servirá de ponto de transbordo com as linhas 35 (HUC-Pedrulha) e 5 (Pedrulha-Estádio Municipal), irá localizar-se na paragem já existente, apenas sendo necessário prolongar a zona de paragem, de forma a acomodar dois veículos em simultâneo, caso seja necessário. Já o interface previsto para a Ponte de Eiras, irá localizar-se nos terrenos adjacentes à Escola Rainha Santa. Esta localização permitirá a ligação com as Linhas 2T (Manutenção-Vil de Matos), a 36 (Praça da República Ponte de Eiras) e as novas Linhas 50 (Manutenção/Sargento-Mor, via Trouxemil) e 50T (Manutenção/Sargento Mor, via Souselas).

Estes novos serviços vão ter um período experimental, que vai decorrer até ao início do ano letivo 2021/2022, por forma a avaliar o funcionamento das linhas em período letivo e não letivo, podendo sofrer ajustes para melhorar o desempenho relativamente aos itinerários, paragens, horários e frequências mínimas. Durante este período, os residentes que atualmente acedem aos passes bimodais poderão continuar a usufruir deste serviço, caso assim o entendam.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM