27 de Outubro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Capital Europeia da Cultura:112 propostas para criação da imagem da candidatura

18 de Dezembro 2020

A Câmara Municipal de Coimbra recebeu 112 candidaturas ao concurso que foi aberto para a criação da imagem da candidatura de Coimbra a Capital Europeia da Cultura 2027. Os trabalhos estão a ser, agora, avaliados pelo júri do concurso que, como adianta o Município, “até ao momento, se mostra satisfeito com a quantidade e a qualidade das propostas rececionadas”.

“Esta é uma forma de reforçar o envolvimento da comunidade e incentivar a participação dos cidadãos no processo de elaboração da candidatura, tal como aconteceu com a escolha do mesmo tema para a terceira edição do Orçamento Participativo do Município”, explica a autarquia.

Este concurso era aberto a pessoas singulares ou coletivas, que tenham como atividade profissional o design gráfico, marketing ou comunicação. Nesta fase de seleção, o júri conta com a colaboração de consultores para apoiarem o processo de avaliação, embora sem direito a voto. A cada proposta é atribuído um número, de forma a preservar o anonimato dos concorrentes. A avaliação tem em conta três critérios, nomeadamente integração e coerência globais (tem um peso de 30% na pontuação final e valoriza o logotipo nas suas vertentes textual, gráfica, estética ou outra, nas diferentes peças da proposta); qualidade criativa direcionada (tem um peso de 30% na pontuação final e valoriza a capacidade de criação de um logotipo que faça notar com evidência o claim da candidatura); e originalidade (tem um peso de 40% na pontuação final e valoriza a qualidade estética, a originalidade e a diferenciação do logotipo face a outras entidades, especialmente em relação a outras cidades que já conseguiram o título de Capital Europeia da Cultura).

“O júri terá, pois, em consideração as propostas que conseguirem passar o ‘claim’ da candidatura e comunicar, com eficácia, os valores que lhe estão subjacentes, bem como mostrar, claramente, que sendo Coimbra uma cidade de fortes tradições e marcas identitárias, está em permanente evolução e se caracteriza, cada vez mais, pelo seu desassossego, pela sua juventude, força, invenção e renovação; pelo cosmopolitismo e integração europeia; pelo rio Mondego, que é ele próprio uma metáfora para a evolução constante da cidade e um elo de ligação com outras cidades congéneres; por ser alternativa, nas vertentes de criação, de investigação, numa incessante exploração do futuro”, realça a autarquia.

O concorrente vencedor receberá um prémio no valor de 10 mil euros (mais IVA à taxa legal em vigor) e um convite para a aquisição de serviços de desenvolvimento da imagem selecionada para a candidatura de Coimbra a Capital Europeia da Cultura 2027, com um preço base de 40 mil euros (acrescido de IVA). A concretizar-se o contrato, o trabalho selecionado passa a constituir propriedade material da Câmara de Coimbra, incluindo os respetivos direitos de autor.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM