19 de Maio de 2019 | Coimbra
PUBLICIDADE

Basquetebol: Olivais conquista terceira Taça de Portugal

8 de Março 2019

A equipa sénior feminina do Olivais Futebol Clube conquistou, no domingo, a sua terceira Taça de Portugal de Basquetebol. Um feito histórico para o clube de Coimbra que, apesar de todas as suas dificuldades, mostra que está num excelente nível desportivo, orgulhando toda a cidade com mais esta importante conquista.

O Olivais Coimbra conquistou, no domingo, a terceira Taça de Portugal da sua história, ao vencer o Vitória de Guimarães, por 49-40. A equipa sénior feminina, orientada por Eugénio Rodrigues, venceu três dos quatro parciais do encontro disputado em Cascais, sucedendo assim à AD Vagos, que venceu a prova na época passada, derrotando precisamente a formação de Coimbra.

Um feito histórico para a equipa do Olivais que tem tido uma época brilhante, tendo disputado já a Taça da Federação e liderando atualmente a Liga Feminina. Apesar da muita ansiedade de atletas, equipa técnica e adeptos, foi mesmo o Olivais que conquistou a Taça e fez a festa, que começou em campo, em Cascais, e prossegui em Coimbra, onde a equipa era aguardada pelos muitos adeptos.

“Foi um dia de grandes emoções. Os adeptos estavam confiantes mas expectantes porque o resultado era imprevisível. Com a Taça da Federação não tinha corrido bem (perdemos nas meias finais) e, portanto, havia uma grande expectativa”, realça o presidente. Para Jaime Carvalho e Silva esta vitória “é um sopro de entusiasmo que leva dirigentes a perceber que vale a pena todos os sacrifícios e que mostra aos atletas que, apesar de todas as dificuldades, a cultura desportiva do Olivais permite chegar a estes patamares elevados”.

A conquista de mais uma Taça de Portugal foi um feito importante para o clube mas, acima de tudo, para as atletas, uma vez que, das 12, apenas uma já tinha conquistado um título nacional, a capitã Inês Viana, e por outro clube. “Este é o primeiro troféu nacional que conquistam. Nenhuma delas tinha alguma vez ganho a Taça de Portugal Feminina. As atletas estavam completamente extasiadas, a equipa técnica e o staff estavam verdadeiramente em lágrimas de entusiasmo”, sublinha o presidente, orgulhoso e emocionado com mais este importante momento da vida deste clube que comemorou recentemente, a 6 de fevereiro, 84 anos.

O jogo da vitória

O jogo da final da Taça de Portugal foi um “encontro de muita emoção”. Jaime Carvalho e Silva considera que o clube disputou “duas finais” em dois dias, com duas equipas “muito diferentes”, tendo demonstrado sempre “grande eficácia”. Recorde-se que o clube jogou as meias finais com o Quinta dos Lombos, que derrotou por 66-51. Na final, frente ao Vitória de Guimarães, a equipa orientada por Eugénio Rodrigues apresentou-se muito forte na defesa e venceu três dos quatro parciais do encontro disputado em Cascais. O líder do campeonato, que já vencia ao intervalo por 29-14, somou assim a sua terceira conquista do troféu, depois dos êxitos em 2008/09 e 2009/10, e aproximou-se do recordista de triunfos CAB Madeira, que já ergueu a Taça em sete ocasiões.

No final do encontro, Eugénio Rodrigues não escondia a sua alegria e orgulho pelo feito da “sua” equipa. “Foi muito bom, as jogadoras foram inexcedíveis”, sublinhou, realçando ainda que o conjunto trabalhou muito para chegar a esta vitória.

Festa da Taça nos Olivais

A conquista da Taça foi celebrada em festa nos Olivais. À chegada a casa, a equipa era aguardada por muitos adeptos e atletas do clube, desde as crianças do mini basquete aos mais crescidos, num ambiente de muita emoção e alegria.

A conquista da terceira Taça de Portugal é “um grande motivo de orgulho”, sublinha Jaime Carvalho e Silva, recordando que “não há muitos clubes de basquetebol, sobretudo fora da capital, que tenham um historial como o do Olivais”, clube que, como é conhecido, se depara diariamente com grandes dificuldades, financeiras mas também a nível de espaços de treino.

Esta conquista, bem como a prestação que a equipa tem tido esta época, mostra que, apesar das dificuldades, é a “garra” que determina uma vitória. “O jogo de basquete tem uma emoção própria que cria interesse pelo jogo mas que também torna o resultado imponderável. Como vemos é possível atingir este alto patamar mas podemos pensar que se houvesse mais apoios e mais espaços para treinar poderíamos ir mais longe”, realça.

Para o presidente, não importa apenas “ganhar e ser campeões”. O trabalho que é feito diariamente com os cerca de 200 atletas federados, com “empenho, dedicação e entusiasmo”, é, no seu entender, o que permite “chegar a este nível”.

Primeiro lugar na Liga

Esta está a ser, sem dúvida, uma boa época para o Olivais. A equipa sénior feminina lidera a Liga Feminina, com um grupo estável de 12 jogadoras. “Temos uma equipa que, em diferentes situações e com diferentes tipos de equipas, consegue ter um desempenho elevado”, congratula-se o presidente.

Estando em primeiro lugar da Fase Regular da Liga Feminina, a equipa concentra-se agora nesta competição e prepara-se para os playoffs, onde espera obter também uma boa classificação.

O reconhecimento da cidade

Depois da festa, no domingo, em Cascais e nos Olivais, as atletas e respetiva equipa técnica foram recebidas, anteontem, nos Paços do Concelho de Coimbra, onde foram parabenizadas pelo executivo camarário.

Esta cerimónia assinala o reconhecimento da cidade por esta conquista mas também pelo trabalho que o Olivais tem vindo a fazer. “Este é um encontro para testemunhar, perante as atletas, treinador e restante equipa, o nosso agradecimento e gratidão pelo que conseguiram fazer”, sublinhou o presidente da Câmara, Manuel Machado. O autarca enalteceu o facto de, apesar das “contrariedades e dificuldades”, o Olivais ter conseguido conquistar a Taça de Portugal, felicitando “com muito entusiasmo e carinho os que nos Olivais FC – e em especial a equipa – perseveraram, resistiram e venceram”.

“A nossa Câmara está solidária convosco e reconhece o justo mérito pelo vosso trabalho, dedicação e espírito de equipa”, reforçou perante atletas, representantes do clube, outras entidades da cidade e vários adeptos.

Jaime Carvalho e Silva admitiu que esta foi “uma conquista difícil mas que entusiasmou todas as atletas, todos os dirigentes e o seu treinador e levou às lágrimas os adeptos que em grande número assistiram à final”.

À margem da sessão, o treinador Eugénio Rodrigues sublinhou que esta é “uma vitória das gentes do Olivais”, um “clube com todos os escalões da formação e que é um bom espelho do esforço de todos os agentes do desporto” da coletividade.

Francisco Andrade, presidente da Junta de Freguesia de Santo António dos Olivais, realçou o longo e honroso percurso do Olivais, “uma coletividade que realmente merece este êxito, que soma a tantos outros que já teve ao longo da sua história”.

O presidente da Associação de Basquetebol de Coimbra, Luís Santarino, congratulou-se também com esta importante vitória “do Olivais, da equipa e dos seus dirigentes”, mas também do “basquetebol e da cidade”, que “transparece para a região e para o país o bom trabalho que se tem feito em Coimbra”. Considerando que “o Olivais é o expoente máximo do basquetebol” na cidade, Luís Santarino manifestou ainda “a esperança de que, depois da Taça, traga também para Coimbra o Campeonato Nacional”.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM