13 de Maio de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Associação Filarmónica Adriano Soares celebrou 29 anos

16 de Abril 2021

A Associação Filarmónica Adriano Soares (AFSS), sediada em Torre de Vilela, comemorou 29 anos na segunda feira. Apesar dos constrangimentos impostos pela pandemia, a Direção não esqueceu todos aqueles que fazem parte deste projeto, nomeadamente músicos, sócios e amigos.

“Um obrigado a todos aqueles que valorizaram esta Filarmónica e a todos aqueles que a continuam a desenvolver para gerações futuras!”, agradece nas suas redes sociais.

Esta associação da União de Freguesias (UF) de Trouxemil e Torre de Vilela foi fundada a 12 de abril de 1992, continuando a evoluir, como é seu lema, “ao som da música”.

Para além da Filarmónica, a Associação inaugurou, em junho de 2019, a Escola de Música, um novo projeto que funciona em parceria com a UF de Trouxemil e Torre de Vilela e que pretende promover, de forma gratuita, o ensino da música a toda a população da freguesia, sejam crianças, jovens ou adultos.

Esta Escola funciona nas remodeladas instalações do antigo Centro de Saúde de Vilela, espaço que acolhe ainda a Loja Social da UF, equipamento social que foi inaugurado na mesma altura e que está também ao serviço de toda a comunidade.

Atualmente a Filarmónica conta com 30 músicos, o mesmo número de alunos inscritos na Escola de Música neste ano letivo.

Recorde-se que a Associação teve como principal impulsionador o maestro Adriano Teixeira Soares, sargento-chefe músico do Exército que se dedicou às camadas jovens e menos jovens da freguesia, criando uma escola para a aprendizagem da arte musical. Daí nasceu uma pequena Tuna que passado um ano deu origem à Filarmónica, que se constituiu como Associação sem fins lucrativos em 2005. Em junho de 2010 foi declarada como pessoa coletiva de utilidade pública e em 2013 foi-lhe atribuída a Medalha de Mérito Cultural pela Câmara Municipal de Coimbra. Desde 2011 é dirigida por Adriana José Soares Oliveira, que ocupa os cargos de maestrina e diretora artística, sendo uma das poucas maestrinas em atividade em Portugal no movimento filarmónico.

As atividades regulares da Filarmónica incluem ensaios e atuações em festas religiosas, romarias, concertos, desfiles e acontecimentos de caráter social e cultural. O seu repertório cruza vários domínios musicais, desde a música popular, aos arranjos de música tradicional, erudita e ligeira.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM