8 de Maio de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Vila do Botão recria Feira à Moda Antiga no fim de semana

23 de Novembro 2018

A vila do Botão recria, este fim de semana, mais uma Feira à Moda Antiga. Inicialmente prevista para 20 e 21 de outubro, esta reconstituição histórica acabou por ser adiada devido às previsões de mau tempo e vai realizar-se agora, com todas as atrações então anunciadas.

De acordo com Rui Soares, presidente da União de Freguesias (UF) de Souselas e Botão, participam nesta feira mais de 20 expositores, entre coletividades da freguesia e artesãos. Esta espécie de “viagem no tempo” vai decorrer no largo da Junta do Botão, onde se vão distribuir os mercadores que participam neste evento que começou há quatro anos e que, apesar da sua curta história, veio mesmo para ficar, contribuindo para o dinamismo da vila e para a confraternização da população e dos visitantes.

Este ano, a Feira à Moda Antiga volta a estender-se por dois dias e aposta num programa atrativo, destinado a toda a família. “O objetivo é melhorar cada vez mais, ter mais expositores e coletividades a participar e promover um momento de festa e partilha entre todos”, realça Rui Soares.

O artesanato e a gastronomia são duas das grandes atrações da Feira, que pretende levar os visitantes a recuar no tempo, revivendo as tradicionais feiras antigas, com as vestes de então, a gastronomia e os produtos tradicionais dessa época, servidos num ambiente onde não faltam também os sons que marcavam estas celebrações e as recriações teatrais.

“O nosso desejo é que as pessoas se divirtam nesta feira que é já uma referência a nível regional. Mais importante do que a receita que cada participante possa angariar, em especial as coletividades, é a forma como a Feira à Moda Antiga dá vida à freguesia, propicia o conhecimento e o saber fazer e promove o convívio e a partilha entre todas as associações, acabando também para atrair mais pessoas para o associativismo”, destaca o autarca.

Tal como tem sido habitual, a feira assinala a comemoração de mais um aniversário da entrega da Carta do Foral Manuelino à vila do Botão. A feira começa amanhã, às 15h00, com a sessão inaugural seguida de animação de rua pelos gaiteiros “Os Katembas”. Durante a tarde e noite há convívio e repasto nas tabernas, não faltando o famoso “café de borra”, feito numa fogueira numa grande panela de ferro, e as tradicionais filhoses à moda antiga.

No domingo o programa abre às 9h30 com a celebração de missa e bênção, seguida de animação de rua. As pessoas são convidadas a fazerem a sua refeição nas tabernas e a desfrutarem de um dia de confraternização. Às 15h00 há animação de rua com “Família Saloia” e às 18h00 é servido “café de borra” com filhoses. Durante o dia há também animação com os gaiteiros “Ciprigaitas”. A feira termina por volta das 20h00, com um espetáculo de fogo. Durante os dois dias há animação permanente no recinto, onde não faltam os jogos tradicionais, cuspidores de fogo, malabarismo e outras atrações.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM