25 de Junho de 2019 | Coimbra
PUBLICIDADE

Um em cada cinco portugueses adultos tem anemia

5 de Abril 2019

A anemia é um problema de saúde pública, afetando um em cada cinco portugueses adultos. O alerta é do Anemia Working Group Portugal, no âmbito do Dia Mundial da Saúde, que se comemora domingo.

Segundo o estudo EMPIRE (realizado em 2015), um em cada cinco portugueses adultos tem anemia e a maioria não está diagnosticada. A prevalência desta doença é elevada, atingindo os 20 por cento, e a situação agrava-se uma vez que 84 por cento dos afetados não sabe que tem anemia.

De acordo com os dados revelados, mais de 50 por cento de todos os casos de anemia são causados por défice de ferro, um nutriente essencial para o organismo, para a saúde física e mental e para manter os níveis de energia adequados à atividade. A deficiência de ferro pode provocar vários sintomas, como por exemplo fadiga, tonturas, falta de ar, maior suscetibilidade para infeções, aftas, dores de cabeça, queda de cabelo, intolerância ao frio, entre outros. A anemia causada por deficiência de ferro tem um impacto significativo na saúde, aumentando o risco de morbilidade e mortalidade por agravamento de outras doenças subjacentes.

O presidente do Anemia Working Group Portugal, António Robalo Nunes, considera que “é essencial sensibilizar a população para este tema, pois normalmente subvalorizam um dos sintomas mais comuns – a fadiga – associando-o a outras situações”. Alerta ainda para o facto de, quando não tratadas, a deficiência de ferro ou a anemia poderem “ter implicações sérias na qualidade de vida do doente”.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM