6 de Abril de 2020 | Coimbra
PUBLICIDADE

UF de Souselas e Botão perdeu cerca de 300 habitantes em sete anos

28 de Fevereiro 2020

 

Os últimos anos não têm sido promissores em termos de crescimento populacional. A União de Freguesias de Souselas e Botão perdeu, de acordo com o seu presidente, Rui Soares, “perto de 300 eleitores desde 2013”.

A questão dos transportes ajudou a esta “fuga” para as freguesias e concelhos vizinhos. Neste momento, a UF tem cerca de 4.400 habitantes, um número que Rui Soares espera que venha a crescer com as anunciadas melhorias na rede de transportes públicos.

“A tendência na quebra da população ainda se mantém e vai continuar a manter-se enquanto não for resolvida a questão dos transportes. Espero que a introdução de novas linhas dos SMTUC tragam mais dinamismo à freguesia”, frisa, esperando que possam atrair também mais pessoas.

Mas, para as receber, é também preciso investir na habitação. Nessa área, não há grandes projetos de apartamentos em vista mas há muitas habitações antigas a precisarem de ser reabilitadas. “Esta é uma terra bonita, tem muitas casas bonitas que precisam de ser recuperadas, algumas com grande valor arquitetónico e não tenho dúvidas de que com melhores transportes os proprietários vão estar mais incentivados a investir”, realça.

Neste momento, com a economia a dar claros sinais de melhoria, há já alguns proprietários que estão a investir na recuperação das suas habitações.

Apesar de haver procura, não há muitas novas construções, sobretudo a nível de apartamentos, para comprar. Rui Soares lamenta “a burocracia enorme e as elevadíssimas taxas urbanísticas” e lembra que a UF “tem muito por onde crescer”.

Fórum Económico no verão

Para impulsionar a economia e estimular os investidores, a UF vai realizar, previsivelmente no início do verão, um Fórum Económico, onde quer juntar um “grupo de conceituados especialistas que possam esclarecer tanto a população como os empresários”. Será, no fundo, “um dia aberto a todos os que quiserem tirar dúvidas e debater ideias”, sejam ou não da UF. Rui Soares espera que este vento contribua para “fomentar o desenvolvimento económico e social da freguesia”.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM