18 de Abril de 2024 | Coimbra
PUBLICIDADE

Trânsito condicionado na Baixa devido a obras do Metro Bus

21 de Outubro 2022

A rua Olímpio Nicolau Rui Fernandes, artéria de elevada circulação rodoviária, está desde terça-feira com o trânsito condicionado, para trabalhos de implementação do metro Bus, em concreto para uma intervenção da empresa Águas de Coimbra em toda a extensão da rua.

Prevê-se que a obra, dividida em quatro fases sequenciais e com obrigatórios desvios de trânsito, fique concluída em maio de 2023. Os trabalhos, informa a Câmara Municipal de Coimbra, vão decorrer na via direita ascendente, “com implementação de circulação alternada” no sentido ascendente, e desvio do trânsito descendente, exceto para autocarros dos Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra, veículos de acesso local, de recolha de resíduos sólidos urbanos e de emergência.

Com a proibição de circulação rodoviária no sentido descendente, o desvio será pelas ruas da Manutenção Militar, de Saragoça e de Aveiro. O acesso local fica assegurado pela rua de Montarroio (que passa a ter sentido descendente) e pela rua Pedro Rocha. O desvio de veículos pesados irá pelas ruas da Manutenção Militar e Saragoça, dirigindo-se depois pela rua de Aveiro. Serão também criadas alternativas para a circulação pedonal, “devidamente identificadas no local e permanentemente monitorizadas durante a intervenção, por parte da PSP e da Polícia Municipal”, refere a autarquia, que recomenda o uso de alternativas e a utilização da aplicação waze, com indicações em tempo real que permitem calcular o trajeto mais eficiente.

Os avisos de trabalhos naquela artéria serão colocados em locais estratégicos da cidade. A primeira fase (que decorre até 4 de abril, entre a Praça 8 de Maio e o Jardim da Manga) desvia a circulação pedonal para o passeio da PSP. O semáforo e a passadeira junto à Caixa Geral de Depósitos deixam de funcionar, sendo criadas passadeiras temporárias, uma na rua da Sofia e outra perto do Jardim da Manga.

A paragem do autocarro, no sentido descendente, ficará provisoriamente junto à entrada da Escola Jaime Cortesão. Na segunda fase (9 de janeiro/10 de fevereiro) serão colocadas passadeiras junto à PSP, mantendo-se as medidas pedonais da primeira fase. Haverá paragens provisórias de autocarros na lateral do edifício da Câmara. Avaliadas as implicações do funcionamento dos parques de estacionamento e zonas de cargas e descargas do Mercado Municipal, a Câmara delineou um plano, após reuniões com diferentes entidades e interessados, que permite manter os três parques abertos na terceira fase (10 de fevereiro/22 de março) e na quarta (até 9 de maio). No entanto, haverá alterações de sentido e, em alguns casos, saídas e entradas dos estacionamentos serão pela mesma via, com circulação alternada.


  • Diretora: Lina Maria Vinhal

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM