29 de Setembro de 2020 | Coimbra
PUBLICIDADE

ANTÓNIO INÁCIO NOGUEIRA

Testemunhos: Memórias e intimidades

15 de Maio 2020

Avô

Sabes que faço hoje 6 anos? Eu sou a tua neta Lúcia e vou convidar-te. Nessa altura também te quero revelar algumas preocupações minhas para o próximo ano… Sabes, avô, este ano vai ter um significado especial para mim, pois vou entrar para a escola. Agora, já vou ter muitos livros para estudar. Os meus pais compraram-me uma mochila nova para os levar todos. São muito pesados! Vou conhecer outros colegas e novos professores, é uma vida nova. Se precisar peço-te ajuda para me ensinares ou comprar novos cadernos, onde vou começar a escrever a sério. Também vou ter saudades dos meus amigo da pré – primária, Os Pimentinhas, e das minhas educadoras. Ensinaram-me os princípios de tudo… até contar e conhecer algumas letras.

Ainda bem que me deste hoje uma nota, obrigado, vou guardá-la bem, pois mais tarde pode fazer-me falta,

Minha Neta

Tenho acompanhado a tua vida que está ainda no início.

Eu sei que para ti fazer anos é sempre motivo de alegria, e eu não poderia sentir-me mais feliz! Tens realizado tantos sonhos: tens saúde para continuar buscando novos interesses, tens pessoas em teu redor que te amam e te fazem tão bem. Fico contente porque tens isso tudo. Este ano vou assistir ao teu aniversário de longe, por causa daquele vírus de que tu já ouviste falar, O Corona Vírus. Mas a vida é assim e tu tens que entender que ela tem sempre início, também tem fim e muitas contrariedades a que temos de saber resistir desde pequenos.

Eu vi-te nascer, crescer, chorar, sorrir, cair e levantares-te, afinal a vida vais ver que é assim… Todos os dias o avô renasce ao ver-te crescer, todos os dias olha para ti e acha-te mais bonita, todos os dias ressurge, quando verifica que aprendes e já sabes fazer puzzles; todos os dias sorri quando te vê… numa altura da vida em que se alegra pouco, por motivos que, por enquanto, não te posso contar. Rio-me quando me pedes guloseimas e fico triste quando estás triste. Por tudo isto e mais coisas de que agora me esqueci ou que não digo, tu serás sempre a minha menina pequenina.

Vais ser feliz na escola, o avô ensinar-te-á o que ainda sabe e o que se lembra e dar-te-à uma nota para comprares o que te falta. Não te preocupes.

Agora vai comer o bolinho de que tanto gostas. Beijinhos. Parabéns do avô António que te adora.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM