18 de Abril de 2024 | Coimbra
PUBLICIDADE

Teatrão aposta em programação para os mais jovens

13 de Janeiro 2023

A programação do Teatrão para os primeiros meses deste ano “vai ser dedicada a atividades para públicos infantis e juvenis, destacando-se uma residência de criação e uma estreia”, revelou a companhia de teatro de Coimbra.

Segundo o Teatrão, a peça de dança “Time” estreia a 30 de março e tem os adolescentes como público-alvo e estará em cena até 22 de abril. Dirigido pela coreógrafa Aldara Bizarro, este espetáculo foi criado para três atores, em torno do tema “tempo”, “como resposta ao desafio de criação de se trabalhar a ideia de utopia e de mudança”.

A companhia de teatro de Coimbra revelou que a criação do espetáculo “Time” vai dar origem “a um modelo de exploração da ideia de “tempo” numa oficina de movimento para jovens”, que vai ter como público-alvo jovens entre os 14 e 17 anos da cidade de Coimbra. As oficinas “Dançar o Tempo” vão ter lugar nos dias 3, 11, 18 e 25 de março.

“Time” e as oficinas que a acompanham integram ainda parte da programação do Festival Abril Dança 2023, que, a partir deste ano, junta ao Convento São Francisco e ao Teatro Académico de Gil Vicente, a Escola da Noite e o Teatrão.

“A programação para a adolescência, apontada no último fórum do Teatrão como uma linha programática estratégica na Oficina Municipal do Teatro, será encorpada com a criação de um novo projeto: o Fórum de Jovens Críticos”, revelou.

Trata-se de uma iniciativa, agendada para 27 de março, que vai contar com parcerias internacionais na Alemanha e Islândia, com o objetivo de “desafiar os jovens a discutir espetáculos e programação para a adolescência”. “Será nesse âmbito que promoveremos o seu encontro com os programadores da Rede de Teatros e Cine-Teatros Portugueses”, acrescentou.

De 17 de janeiro a 18 de fevereiro terá também lugar o regresso do espetáculo “Manuel ou como se desenha uma casa”, construído a partir do imaginário e de textos de Manuel António Pina e acompanhado por atividades paralelas à criação: uma oficina de ilustração e uma oficina de palavras.

A programação inclui ainda para estrear em abril, a propósito das comemorações dos 50 anos da Revolução do 25 de Abril, a criação ‘Revolution’ (título provisório), que junta três estruturas profissionais de teatro: ASTA (Covilhã), Baal17 (Serpa) e Teatrão (Coimbra) à d’Orfeu (Águeda), responsável pela direção, criação e interpretação musical do espetáculo.

No que respeita às iniciativas musicais, o Teatrão garantiu continuar
“de pedra e cal na Tabacaria, com concertos variados e as curadorias de Rui Lúcio e Victor Torpedo”.

Já o projeto pedagógico “desenvolve-se em várias frentes, nas Classes de Teatro e nas ações ‘A Meu Ver’ e ‘Teatro e Memória’, envolvendo centenas de alunos na Oficina Municipal do Teatro e das instituições particulares de solidariedade social do concelho”.

 


  • Diretora: Lina Maria Vinhal

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM