18 de Abril de 2024 | Coimbra
PUBLICIDADE

Sport Clube Conimbricense celebra aniversário com “Baile à Moda Antiga”

3 de Fevereiro 2023

O Sport Clube Conimbricense, situado na Baixa de Coimbra, alcança hoje (3) o 113ª aniversário e, afirma Zita Alexandre da direção, “nada melhor do que recordar as tradições para o comemorar”. “Como fizemos em setembro (2022) o jantar dos 112 anos, decidimos celebrar esta data tão especial com um baile à moda antiga, como se fazia no Sport em tempos áureos, recordando a tradicional dança do ramo”, referiu a também tesoureira.

Assim, a comunidade é convidada a dar um passo de dança com temas bem portugueses, e a reviver tradições esta noite, pelas 21h00, na sede do clube, “matando as saudades dos bailaricos de antigamente” ao som do grupo R Music. A entrada para esta “festa rija e bem recheada de história e tradição” tem um custo de cinco euros ou de 7.50 euros (casal), com direito a uma bebida. Nesta noite não vai faltar animação, muita alegria e os típicos “comes e bebes”. Uma combinação perfeita com diversão garantida.

“A receita angariada vai ter como objetivo ajudar a equipa de futebol para invisuais a ir ao Campeonato Europeu na próxima época, que começa em setembro”, acrescentou.

Com mais de um século de existência, “um marco histórico”, caracterizou Zita Alexandre, o Sport Clube Conimbricense surgiu pelas mãos de comerciantes da Baixa de Coimbra, passando por “altos e baixos”.

“Neste momento, vamos (sobre)vivendo, mas cá estamos com muito orgulho”, garantiu a tesoureira de sorriso rasgado.

A somar 113 anos de histórias para partilhar, o clube centenário desenvolve uma diversidade de modalidades para todas as idades, juntando perto de 100 praticantes, entre os cinco e os 79 anos.  Um clube “para todas as gerações” e que é abraçado por perto de 500 sócios.

O kickboxing, jiu-jitsu, natação, yoga, basquetebol, futebol e, mais recentemente, o showdown e o ginásio são as modalidades que podem ser praticadas atualmente.

“Foi o clube que teve a primeira equipa de basquetebol campeã nacional, em 1932”, recordou.

O Sport Clube Conimbricense destaca-se ainda pela criação, em 2020, de uma modalidade que muito o orgulha: o futebol para cegos, que conta atualmente com 16 atletas. “Conseguir manter esta modalidade em Coimbra e sermos das poucas equipas existentes no país é um orgulho”, salientou Zita Alexandre, afirmando ser muito gratificante “proporcionar a estes jovens a oportunidade de praticarem desporto”.

A esperança por um novo pavilhão continua

Segundo Zita Alexandre, a grande prenda de aniversário seria “conseguir a cedência do terreno que nos foi prometido pela Câmara” para concretizar um sonho com mais de 20 anos: a construção de um novo pavilhão “para termos mais espaço para praticar as modalidades e também dar mais condições e conforto aos nossos atletas”.

“Estamos a contar que o atual presidente da Câmara resolva este problema, seria um excelente presente”, disse, com a esperança de ver esta ambição tornada realidade.


  • Diretora: Lina Maria Vinhal

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM