13 de Maio de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

S. Martinho do Bispo celebrou 915 anos com várias homenagens

2 de Agosto 2019

A Freguesia de S. Martinho do Bispo comemorou, no sábado, 915 anos de história. As celebrações procuraram envolver os cidadãos e ficaram marcadas pelas homenagens a diversas personalidades, instituições e coletividades.

Na cerimónia comemorativa, o presidente da União de Freguesias de S. Martinho do Bispo e Ribeira de Frades, Jorge Veloso, sublinhou que é “de inteira justiça comemorar esta data com os nossos concidadãos” e, nesse espírito, “nada melhor do que homenagear aqueles que trabalharam e trabalham de uma forma abnegada, categórica e conhecedora em prol dos nossos cidadãos”, seja na área social, desportiva, religiosa ou noutras vertentes.

A UF distinguiu a Casa dos Pobres, o Grupo Recreativo “O Vigor da Mocidade” e, também, João Carvalho Ventura. Jorge Veloso realça que os homenageados “apresentam um curriculum difícil de igualar” e deu graças por ter na UF “gente com esta qualidade e empenho, sempre com uma visão muito mais além, procurando uma melhor qualidade de vida para os nossos cidadãos”.

A homenagem à Casa dos Pobres, cujo elogio coube a Flávio Ferreira, permitiu recordar os 84 anos da instituição, desde a sua fundação, a 8 de maio de 1935, no Pátio da Inquisição, até à mudança para S. Martinho do Bispo. A presidente, Maria Luísa Carvalho, agradeceu, de forma emocionada, a homenagem, lamentando “não estar aqui a pessoa certa para a receber”, recordando assim um dos grandes impulsionadores desta obra, Aníbal Duarte de Almeida, falecido em 2015.

O elogio ao Vigor da Mocidade esteve a cargo de José Ferreira da Silva, que enalteceu o “mérito e o trabalho que o clube tem vindo a desenvolver em prol da comunidade”. O presidente da coletividade de Fala, Mário Fernandes, realçou que esta homenagem distingue “todos quantos fizeram parte do Vigor, principalmente os seus fundadores”.

Amável Batista, ex-presidente da Junta de S. Martinho do Bispo, apresentou o elogio ao cidadão João Carvalho Ventura, um “exemplo, dedicação, saber e abnegação” em “várias causas”, deixando uma “tal obra ao longo destes anos na freguesia”, desde as várias igrejas até a grupos desportivos. “A pessoa certa para nos ajudar em todas as ocasiões, humilde, com saber, técnica e profissionalismo”, sublinhou. Presente na sessão, João Carvalho Ventura disse apenas que fez “parte de uma equipa”, tendo dado o que pôde.

Sobre estas distinções, Jorge Veloso disse que esta prática é para manter. No seu entender, as autarquias devem “prestar homenagem a quem se distinguiu e distingue no trabalho afincado e de qualidade em prol do seu próximo”. Congratula-se pelo facto de S. Martinho do Bispo estar “muito bem servido com gente de valor e sempre pronta a trabalhar de uma forma desinteressada, mas de muita qualidade”.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM