17 de Abril de 2024 | Coimbra
PUBLICIDADE

Queima das fitas de Coimbra atrai público para todos os gostos

14 de Abril 2023

Maio é já para o próximo mês e como manda a tradição é altura de levar as emoções ao rubro aos milhares de estudantes que frequentam o ensino superior. Durante uma semana, de 19 a 26 de Maio, a euforia faz-se pelas ruas de Coimbra, os livros são pousados e as frequências ficam para depois. Pela cidade vão-se ver muitos doutores e doutoras trajados/as, mas também muitos caloiros, representados pelas cores dos respectivos cursos, no seu estado de descoberta por tudo o que a vida académica, e em especial esta semana, lhes proporciona.

Este ano sob o lema “sonho meu de eternidade, brilham-te os olhos ao rever esta cidade”, a Queima das Fitas é o culminar de um ano de dedicação e esforço daqueles que querem ter um futuro brilhante e lutam para o dia de amanhã ser risonho profissionalmente.

A Queima das Fitas é, por tudo isso, sinónimo de festa, alegria, convívio e muita música. A Praça da Canção, bem junto à margem esquerda do rio Mondego, vai receber milhares de pessoas para assistir aos espectáculos preparados para os estudantes. Entre tendas de cursos, as roulottes dos comes e bebes e as várias diversões, haverá o palco principal que atrairá música para todos os gostos.

Durante sete dias a música portuguesa, o rap, o funk, entre outros estilos musicais, vão-se fazer ouvir pela cidade de Coimbra.

A organização da Queima das Fitas preparou sete dias de muita animação e prometeu não deixar ninguém de fora. Ao todo são mais de 60 actividades programadas que vão decorrer durante várias semanas. Este ano há como novidade o aumento da lotação do recinto que ainda está a ser estudado com a Câmara Municipal de Coimbra.

Com a preparação destas festividades, a Queima das Fitas de 2023 prevê “uma despesa “muito mais cara do que a do ano passado”, que “já tinha sido elevada”, cifrando-se “neste momento em 1,5 milhões de euros”, referiu Carlos Missel, coordenador geral da comissão organizadora da Queima das Fitas.

Até ao momento, a organização já confirmou a presença de oito artistas, mas outros nomes ainda vão ser desvendados ao longo das próximas semanas.

Artistas confirmados

Os Quatro e Meia, Slow J, Gustavo Mioto, Ana Castelo, Mc Kevinho, T-Rex, Linda Martini e X-Tense são as bandas confirmadas, até agora, que prometem agitar as Noites do Parque.

O primeiro dia, 19, abre com os Linda Martini, uma banda incontornável da música portuguesa, dos últimos 20 anos, ligada ao rock com influências de post-rock e punk.

Para o dia seguinte (20) é a vez da banda Os Quatro e Meia. O grupo, original da cidade de Coimbra, surgiu em 2013 após uma actuação de sucesso de um grupo de universitários de Coimbra e a partir daí tem dado cartas no mundo da música. Considerada uma das bandas em maior ascensão em Portugal, com um estilo tão característico e cativante para todas as gerações, os Quatro e Meia foram finalistas do Festival da Canção 2022, com “Amanhã”, da autoria de Tiago Nogueira, terminando o concurso em 2.º lugar.

Já no domingo (21) o palco é do Toy Toy T-Rex. O artista, de nome próprio Daniel Benjamin, vai pisar novamente o Palco Fórum na Praça da Canção pela Queima das Fitas de Coimbra.

No dia seguinte (22) é a vez do artista X-Tense que promete trazer uma boa “vibe” ao evento.

Os últimos dias da Queima estão mais dedicados ao estilo brasileiro. No dia 24 de Maio, o cantor Gustavo Mioto e a artista Ana Castelo, que “neste momento é número um no Brasil, no Spotify”, vão preencher o palco principal.

Mc Kevinho é o artista escolhido para fechar a edição de 2023 da Queima das Fitas de Coimbra. Bem conhecido do público português, o músico brasileiro ajudou a revolucionar o “Funk” e é autor de alguns temas mais tocados, como “Olha a Explosão”, “Oh bebê”, “O Grave Bater” e “Encaixa” .

Cortejo à terça-feira

Recorde-se que este ano o Cortejo da Queima das Fitas vai ser realizado no dia 23 de Maio, a uma terça-feira, e não a 21, domingo, como seria de esperar. Esta mudança deve-se ao facto da banda britânica Coldplay realizar o seu último concerto no mesmo dia e a Câmara Municipal de Coimbra considerar “arriscado” que o cortejo ocorra no mesmo dia.

O Cortejo da Queima das Fitas consiste numa manifestação festiva da Academia, na qual os estudantes desfilam pelas ruas da cidade junto de carros alegóricos, revestidos a flores de papel, com as cores das Faculdades, decorados com diversos elementos de sátira social e reivindicações estudantis. Segundo a comissão, este ano o Cortejo “terá perto de 90 carros, mais do que no ano passado, que foram 82”.

Este ano o cortejo vai também sofrer algumas alteração no seu caminho. Devido aos constrangimentos das obras do MetroBus, o percurso chega à Praça da República e em vez de descer a Avenida Sá da Bandeira, pela faixa da direita, vai faze-lo pela esquerda, do lado do Teatro Académico de Gil Vicente.

Serenata no Pátio das Escolas

O Pátio das Escolas vai ser o palco deste ano para receber a Serenata Monumental da Queima das Fitas 2023. Com as obras de requalificação ainda a decorrer no Largo da Sé Velha, a comissão organizadora optou, em consenso com a Universidade de Coimbra, por realizar a emblemática Serenata no Pátio das Escolas. Este espaço recebeu este momento simbólico em 2020 e 2021 ainda em plena pandemia da Covid-19, sendo que, no primeiro ano, o momento decorreu sem a presença do público e com transmissão televisiva. No ano seguinte, o evento juntou 500 estudantes, que assistiram sentados, com máscara e o espaçamento então em vigor.

Marcada para a noite de 18 para 19, pelas 00h00, a Serenata marca o arranque da festa académica, mas tendo agora esta nova localização há ainda pormenores a serem delineados. No dia seguinte realizar-se-á o Sarau de Gala, no Teatro Académico Gil Vicente.

Carnaval de Veneza é tema do Baile de Gala

O Baile de Gala está marcado para o dia 17 de Maio, um dia antes  da Serenata Monumental, e será dedicado ao Carnaval de Veneza. Com regresso este ano à Antiga Igreja do Convento São Francisco, os estudantes vão poder desfrutar da magia das máscaras daquele que é considerado um dos mais famosos carnavais do mundo.

Quanto ao Chá Dançante, este terá lugar no dia 24 de Maio, em local ainda a definir.

Outras actividades

Este ano foi apresentada, como novidade, a compilação de um livro de memórias, que pretendem vir a repetir todos os anos.

“Queremos em todas as Queimas das Fitas um livro que represente aquela edição, desde as actividades, às comissões de carros que participaram no Cortejo da Queima das Fitas nesse ano”, referiu Carlos Missel.

Entre as novidades figuram ainda um torneio de padel, nos dias 3 e 5 de Maio, no Star de Coimbra, e ainda um torneio de surf, a 12 de Maio, na Praia de Mira.

Alia Kuznetsova foi a vencedora do Cartaz da Queima, tendo o trabalho da antiga aluna da Universidade de Coimbra sido escolhido entre os 42 a concurso.

 

 


  • Diretora: Lina Maria Vinhal

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM