27 de Outubro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Procissão do Senhor dos Passos juntou centenas de fiéis na Baixa

13 de Março 2020

Centenas de pessoas participaram, no domingo à tarde, na procissão do Senhor dos Passos, tradição que foi recuperada no ano passado pela Irmandade do Senhor dos Passos da Igreja da Graça e pela Paróquia de Santa Cruz.

A procissão solene com a imagem do Senhor dos Passos saiu novamente à rua, num percurso marcado pela fé e devoção que começou na Igreja da Graça, na Rua da Sofia, e seguiu em direção à Praça 8 de Maio, onde era aguardada, em frente à Igreja de Santa Cruz, pelo andor de Nossa Senhora das Dores, um momento repleto de simbolismo, que evocou o encontro de Jesus com a Virgem Maria, no caminho para o Calvário. Continuou rumo à Igreja de São Tiago, com nova paragem à porta do templo, e Arco de Almedina, sendo as reflexões da procissão dirigidas pelo padre Carlos Noronha.

No regresso houve uma novidade, uma vez que o andor do Senhor dos Passos entrou na Igreja de Santa Cruz. Após reflexão e canto, foi novamente conduzido à Igreja da Graça, terminando com a bênção final, pelo Bispo de Coimbra, D. Virgílio Antunes, que presidiu também à missa que antecedeu esta manifestação de fé, onde sublinhou que esta procissão “não é simplesmente um ato religioso”, tratando-se também de “uma peregrinação interior” que importa fazer continuamente.

Participaram nesta procissão as irmandades e confrarias da cidade de Coimbra, as crianças da catequese que levaram os sinais da Paixão do Senhor, e os agrupamentos de escuteiros do concelho. Os andores e o pálio foram conduzidos por diversos grupos, sendo de destacar a participação da Confraria da Rainha Santa Isabel e dos Cavaleiros da Ordem do Santo Sepulcro.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM